Skype: BizRevolution | Fone: 11-4153-0885

« O Marketing de massa não funciona para o McDonald´s | Main | Qual ferramenta usar lidar com clientes que já compraram ou não compram mais! »

19/06/2004

Como lidar com funcionários sem usar o chicote?

Pin It

Eu recebi o e-mail abaixo recentemente... Veja um problema que talvez seja o seu também... e as minhas recomendações para reverter uma situação como essa...

Caro Ricardo,

Bom dia!

Gosto muito de receber seus email, pois sempre me dão uma força extra no meu intuito de mudar as coisas no meu trabalho.
Tenho uma pequena empresa de informática, tem 7 anos de vida e a considero como uma criança de 7 anos que tem que entrar p/ a escola. Nascemos meio desorganizados e no mantemos assim, só que agora mais do que nunca temos que ser "melhores" e pra isso temos que ir a escola.
Tenho uma dúvida imensa em relação ao pessoal de trabalho (6 pessoas), nunca sei como lidar com eles, sempre me veem como "BUNDÃO" pois não sou o tipo de chefe com um chicote na mao e estralando no chão para eles trabalharem.
Tenho um problema imenso com horário X produtividade, trabalhamos no ramo de informática, especificamente 3 dessas pessoas trabalham em desenvolvimento de sistemas.
Desenvolvimento de sistema é uma tarefa intelectual, então acredito que o estado de espirito do funcionário é muito importante, não fico no pé em relação ao cumprimento de horário pois não basta o cara estar aqui de corpo presente p/ produzir algo, o cara tem que estar bem consigo mesmo, porém o que anda acontecendo o pessoal tem se acomodado e como qq tarefa intelectual não consigo medir se são produtivos, ai fico no dilema.

Algumas ponderações:

Se exigo o cumprimento do horário o cara pode estar aqui de corpo presente mas cansado e não será produtivo. E ainda podem me enrrolar com desculpas que nunca saberei se realmente são só desculpas ou se realmente não foi possivel fazer aquele serviço naquele prazo.

Se não exigo eles não estarão aqui, e se acomodarão e cada dia chegarão mais tarde, por mais produtivos que sejam não conseguirão com uma carga horária tão baixa fazer nada.

Não consigo medir o quanto estão produzindo, já fiz curso de métrica p/ software mas ainda não consigo saber se estão realmente sendo produtivos.

Considero que todo mundo trabalha pouco, pois chegam atrasados, perdem horas na internet e o serviço não sai.

Não quero ir de 8 para 80 em 5 segundos, gosto de ser justo com as pessoas e enteder que são seres humanos, que tem vida propria, que tem que fazer as coisas com paixao e nao só por obrigação.

Se eu conseguisse medir a produtividade, diria que cada um podia fazer a carga horaria que quisesse o importante seria o resultado do trabalho mas não consigo.

Se desconto o valor das horas atrasadas não entenderão que estão recebendo um salário mais baixos, pois estão sendo punidos. Entenderão que recebem menos do que o mercado paga.

Por falar em salário pago um salário compativel com o mercado, porém em informática existem aqueles sálarios mirabolantes que todo mundo fica sonhando e acham que facilmente achariam um.

Em relação a recontratar outras pessoas, sempre invisto no meu pessoal em treinamento, quase todas as pessoas que trabalham aqui tiveram seu primeiro emprego aqui, eram estagiários e aprenderam muito aqui, todos reconhecem isso.
Alguns ainda são estagiários, mas unicamente por questão contratual, não tenho nenhum desentortador de clips e tirador de xerox, todo mundo tá envolvido nos projetos importantes e são tratados como profissionais.
Tenho dificuldade em relação a contratar outras pessoas pois por mais que o mercado de trabalho esteja dificil, mão de obra qualificada tbém tá.
Quando contrato alguem coloco-a em treinamento, só que em pouco tempo, antes dela efetivamente produzir algo, se contamina com esse ambiente e logo fica igual a todos.

Sei que são muitas questões e dúvidas, sei que não tem nemhum tipo de obrigação e me ajudar, mas acho que pode me dar alguma luz.

Muito Grato

Eng. Marcio Souza Pereira

E a minha resposta...

Caro Márcio,

Eu vi que você colocou "Eng." na sua assinatura, mas, eu trato todas as pessoas, independente de cargo, nível ou seja lá o que for, como iguais, e sempre pelo nome próprio. Márcio.

MUITO OBRIGADO pela confiança depositada em mim. É um grande prazer para mim poder te ajudar de alguma maneira.

Não é preciso ser do tipo Hitler para liderar as pessoas. Você pode continuar a trabalhar no mesmo estilo, mas..., a última coisa que pode acontecer a uma empresa, É FICAR REFÉM DE FUNCIONÁRIO. Se isso acontecer, você se verá trabalhando do mesmo jeito até o final da sua vida, e isso, definitivamente não pode acontecer. Para o bem de todos que nos cercam, todos nós precisamos evoluir e desempenhar papéis diferentes de tempos em tempos.

Independente da turma técnica, a primeira sugestão que eu dou a você é DESENVOLVER líderes na sua empresa para ajudá-lo a liderar esse pepino.

Quem são os gerentes da sua empresa? Comece TUDO por eles. Você tem pelo menos uma reunião mensal com os gerentes? Onde vocês falam da empresa, produtos, mercado, clientes e principalmente GESTÃO DE PESSOAS? Pois deveria. A PRINCIPAL TAREFA desses gerentes, além de vender, é LIDERAR essa turma e propagar a CULTURA que a equipe gerencial quer ver na empresa.

Você precisa ter PELO MENOS UM gerente que você confia. Você tem? Se não tem ainda, encontrá-lo é a sua MISSÃO NÚMERO UM a partir de amanhã.

Agora, VOCÊ NÃO PODE FICAR REFÉM DE FUNCIONÁRIO.

Algumas métricas que eu sugiro a você para medir a produtividade da turma técnica são:

- Nota X de Satisfação do Cliente, crie algum tipo de pesquisa rapida onde o cliente tenha que avaliar os serviços técnicos da empresa.
- Nº de Re-chamadas, quando o cliente liga de novo para pedir a mesma coisa.
- Tempo de resposta das chamadas, se for possivel medir
- Nº de Novas Ideias para o departamento técnico, lance o desafio para eles trazerem e implementarem novas ideias no departamento ou empresa. Só vale ideias implementadas.
- Nota X em Provas Técnicas, crie algum tipo de prova mensal, bimestral ou trimestre onde a turma tem que estudar e a empresa aplica um teste para avaliar a qualidade técnica deles.
- Nº de Artigos Técnicos, lance um desafio para a turma técnica: escrever pelo menos 1 ou 2 artigos no mes, bimestre ou trimestre sobre assuntos técnicos que possam interessar o cliente da empresa. Poste os artigos na web, envie para os clientes, vendedores etc.
- Nº de Certificacoes Técnicas, a turma tem que ter.
- Nº de horas de treinamento técnico online ou offline, a web tá cheio de cursos de TI gratis ou não muito caros que a turma poderia fazer.
- Nº de horas de treinamento técnico montado por eles para a turma de vendas, faça a turma montar treinamentos e faze-los para a equipe de vendas ou até clientes.

O Chefe da implementação dessas métricas? O Gerente da Área.

O país que a gente vive é muito paizão. Nós precisamos mudar isso. O país precisa URGENTEMENTE de lideranças. Gente que aparece, dá as caras, traça onde a sua empresa quer chegar, e desenvolve diaramente as pessoas para que todos possam chegar lá juntos. SEJA UM DELES!

Torne TODA a comunicação possível da empresa visível. Faturamento, despesas, pessoas etc. Faça um email semanal para TODOS os funcionários com um balanço sobre a semana que passou. Pessoas que você encontrou, elogios e crítica de clientes, historias do mercado etc. Reuna TODOS os funcionarios TODO SANTO mês para reportar o mês e premiar aqueles funcionários que ajudaram a empresa a ARREBENTAR no mês que passou. CIRCULE pela empresa e faça perguntas NA VEIA da turma. CAVE CAVE CAVE até chegar no ponto. Não aceite respostas genêricas do tipo, "Tô terminando...", pergunte, "Quanto você termina", "Daqui 5 dias" o cidadão responde, "O que eu posso fazer para ajudar você a terminar antes?", pergunte novamente. Seja sempre EDUCADO mas demonstre SENSO DE URGÊNCIA em querer MATAR a questão.

E para motivar de vez as pessoas, coloque em TODOS OS SEUS DISCURSOS, o propósito de MELHORAR O MUNDO. Ninguém nunca será motivado de verdade por metas de vendas de produtos ou serviços. PROVE através de discursos e exemplos, o quanto o que vocês fazem MELHORA a sua cidade, a vida dos seus clientes e tudo que está ao redor de vocês.

FALE SOBRE MELHORAR O MUNDO e as pessoas vão perceber que existe um PROPÓSITO por trás do software que vocês fazem, e acredite que as pessoas de bem, vão TRABALHAR por aqueles que ainda não perceberam o que acontece no mundo.

Luiz, me diga se as dicas são valiosas para você.

As dicas apenas serão valiosas para mim, se você IMPLEMENTÁ-LAS com o coração, alma e cérebro.

Eu não vim aqui para dar conselhos, mas para AGIR!

Conte SEMPRE comigo.

ARREBENTA!

Ricardo

Comments

Feed Você pode acompanhar essa conversa ao assinar comment feed for this post.

Excelente comentários Ricardo.

Seguem os meus.

O chicote é fácil usar. Só que jamais será eficiente.

Por que? Porque destrói as pessoas.

Os fins NÂO justificam os meios. Chega de conseguir objetivos a qualquer custo.

O Ricardo tem razão o que você precisa é encontrar valor na atividade que desempenha. Fazer com que seu funcionários se interessem naturalmente pelo o que fazem, pois sabem que além do dinheiro que ganham, criam utilidade no mundo que estão. Isso na minha opinião MOTIVA.

Primeiro descrubra:

Pra que serve sua empresa?
Porque sua empresa melhora o mundo?
Quem se beneficia utilizando seus produtos/serviços?
Por ano quanto sua empresa melhora o mundo que estamos?

Se você tiver essas respostas, poderá comunicar valor aos seus funcionários que estiverem comprometidos. Eles verão que o sucesso e o comprometimento deles está intimamente ligado ao sucsso deste mundo.

É minha opinião.

Um abraço a todos!!!

Gostei muito, marcio e mais ainda ricardo, pois passo por situações iguais, e eu não tinha resposta ou solução para os meu problemas,mas com suas dicar espero resolver essas situações aqui em minha empresa, um forte abraço, que Deus te abençoe....
Jose Roberto ;São João do Cariri -PB

Li o artigo e tomei a liberdade de fazer uma pergunta.
O que fazer com aquele funcionário que finge ser o que não é. Tem discurso de ser competente, fala muito durante o trabalho e não deixa ninguém se concentrar, sempre comentando alguma decisão da administração da empresa, alguma notícia sobre a instituição, enfim, sempre parecendo muito interessado, mas que não faz nada, só fica no mundo das ideias e não rende nada.
Ná dá certo em atividades rotineiras, mas também não dá certo em atividades criativas.
E quando pressionado, ou cobrado, tenta reverter a situação, se incorpora primeiro numa atitude defensiva, depois, numa tentativa de intimidar o chefe assumindo uma postura mais agressiva e demonstrando até um certo "perigo" (aquela cara de mal e de que está afim de levar uma confusão às últimas consequências) e que tipo ameaçador: mexer comigo não vale a pena...
E que ainda é cara de pau porque tenta manipular as pessoas em postura de vítima e que, devido a problemas pessoais, tem que ser melhor avaliado pelos chefes, apesar de não render nada?
Aliás, é errado considerar o pior desempenho de um profissional quando ele atribui toda a sua mania de enrolar no trabalho a problemas pessoais graves na família (mesmo quando a gente sabe que está tudo sob controle)? Atrasa, não avisa, não vai ao serviço, não cumpre jornada corretamente, enfim... e quer receber nota em avaliação para ter promoção... como lidar com isso?

Oi Zana!

Demissão é o como se chama o que você precisa. As pessoas precisam produzir. Tudo bem que não seja todo dia, mas essa pessoa descrita tem perfil de sanguessuga, é o eterno malandro e vai ser sempre um loser. O que vale, tanto para as empresas quanto para a vida, é o que você faz. O seu cônjuge não vai querer ser maltratado porque você teve problemas no trabalho. Ninguém tá nem aí para o que você passa. Você pode se preocupar e relevar a situação no começo, mas depois dança. As pessoas dão valor ao que você faz, a como você age com elas.

Se ele não serve pra empresa, manda embora. É uma empresa, não uma ONG. Ele não está lá por ser um coitadinho, está para trazer algo de bom para a empresa.

Abraço.

Átila Ebenriter

Ricardo,

Texto bacana mesmo, só ficou uma dúvida, quem é o Luiz?

Zana, e Atila,

Tive que parar para fazer um comentário; Essa pessoa não deveria estar na empresa. Esse tipo de exemplo cria mais "maus-habitos" dentro do ambiente profissional, se um faz e não sofre punição, os outros sentiram o direito de fazer o mesmo. Cortar o mal pela raiz `as vezes é um mal necessário. Se ele for um bom manipulador e ter destaque nos números, melhor ainda, pois infelizmente ninguem é insubstituível.

ADOREI AS DICAS. MAS AINDA TENHO DUVIDAS.MEU MARIDO TEM UMA HOFISINA MECANICA ELA TEM 04 ANOS DE IDADE ATE ANO PASSADO ELE ESTAVA COMCEGUINDO ADIMINISTRAR BEM MAS AGORA ESTA FICANDO MUITO DIFICIL. ELE TEM 03 FUNCIONARIOS ELES TRABALHAN MUITO BEM SÃO DEDICADOS . MAS O PROBLEMA É O HORARIO CADA DIA CHEGAM MAIS DARDE.MEU MARIDO NÃO ESTA SABENDO COMO LIDAR COM A SITUAÇAO ELE FICA ESTRESSADO NERVOSSO MAI NÃO FALA NADA. EU NÃO SEI COMO POSO AJUDAR.SE VOSE PUDER ME DAR UMAS DICAS FICAREI MUITO GRA. BGD

O nível está caindo...

Tenho uma empresa na area da confecção com 4 funcionario ,um dele ja teve uma empresa tambem de confecção com bem mais de funcionario e com um faturamento bem alto mais ele falio.Como ele tem experiencia na area vive fazendo criticas como não estamos trabalhando certo, muitas vezes com ironia,agora ele esta só falando de direitos trabalhista,que tem muita pena dos outros funcionario pois trabalham demais e que ainda fazem horas extra .Fora que tambem ele deixou outra oportunidade com salario bem mais alto só porque gosta de trabalhar aqui.Como ele é um senhor acabo respeitando mais pela idade.Oque devo fazer? Como devo agir?

Patricia, ele é competente e produz muito mais que os outros funcionarios ?
Ajuda e colabora ?

Se ele contribui para bons resultados, é só dar exemplos, e tirar dele a experiencia ver onde ele errou, e se ele ainda assim não melhorar da umas alfinetadas ..

Já do contrario se não colabora, produz a mesma coisa.. Não contamine o restante da equipe.. desligue-o da empresa.. a empresa é de quem sua ou dele? Chame-o no seu escritorio no fim do dia, e tchau..tchau catatau .

Gostei muito dos posts, uma duvida tenho funcionarios, na minha cidade não tem mão de obra, os funcionarios que eu tenho tem todo o perfil que eu preciso mais não tem a mão de obra que eu preciso, tento treina-los mais não avançam como eu, pois pego as coisas de primeira eles tem que ficar falando toda hora não decoram os afazeres, mais repito são bom funcionarios, menos no que devem fazer não pegam as coisas, o que devo fazer me respondam.

Meu marido tem uma marcenaria e há 6 anos larguei meu emprego para ajudá-la a organizar a empresa. No início todos os funciónários gostaram da minha participação, pois os salários passaram a ser pagos em dia,não faltou mais materiais para produção dos móveis, etc. Porém com o tempo percebi que meu marido é muito permissivo, ou seja, os funcionários fazem o que querem com ele, não têm horário de chegada, saem no horário de trabalho para resolverem seus assuntos pessoais, sem dar satisfação. Querem ganhar muito ou mais que nós, enrolam com desculpas esfarrapadas, conversam demais, e depois dizem que o serviço está agarrado, tentam me enganar pensando que eu, por ser mulher, não entendo dos processos produtivos. Mas isso não é verdade, muitas vezes dou soluções para a montagem de móveis que até mesmos eles ( alguns ) com tantos anos de profissão , não enxergam. Meu marido , ao longo desses anos, acostumou mal , os nossos funcionários, aceitando suas faltas injustificadas por bebina, atrasos , saídas mais cedo, murcegação, durante o dia. Alguns funcionários saem da casa de cliente e vão beber , enquanto pensamos que estão montando os móveis. Já queimaram nosso filme indo trabalhar tontos e fedendo pinga. Minha vontade é de dispensar esses funcionários , mas meu marido sempre faz vista grossa, dizendo que não tem marceneiros no mercado de trabalho. Registrei todos os funcionários, mas alguns pediram demissão para trabalharem como empreiteiros , irregularmente, trabalhando menos e ganhando mais. Alguns falam mentiras descaradamente, e teimam, não assumem seus erros. Saem no horário de trabalho e dizem que trabalharam o dia todo, como não marcando cartão de ponto e recebem por dia, não tem como controlar. Não temos um encarregado, nem sabemos a quem chamar para nos ajudar, meu marido bajula os crianções , que trabalham conosco, estou revoltada, pois meu marido aceita tudo e ainda diz que os funcionário não gostam de mim, pois sou muito exigente. Não quero que eles gostem de mim , só quero que compram com suas obrigações nos horários , sejam honestos conosco . Outro grande erro que meu marido cometeu foi trazer bebida ( cerveja ) para dentro da nossa fábrica. Agora todos acham bonito beberem e faltar por ressaca. Minha vontade era largar tudo, mas meu marido , diz que não dá conta de resolver os problemas

estou com um enorme problema ,trabalho em uma papelaria a 5 anos , so que ja tem um ano que estou noiva do dono da loja , mas antes disso eu ja era gerete da loja , entao o dono da papelaria"meu noivo " me deu total autoridade para com os funcionarios , mas alguns deles nao aceita que eu de ordens sobre os serviços da loja , as vezes nao sei como lidar com essa cituaçao , afinal de contas antes eu era so uma funcionario e agora tem todos os direitos de um patrao ,eu tento nao mudar meu jeito com os funcionarios , tento ser bacana , mas alguns deles abusa da minha bondade , e as vezes fico nervosa e acabo expludindo

Boa noite !!
Tenho uma pequena empresa de terceirização de mão de obra, nos ultimos mêses tenho tido muita dificuldade de mão de obra.
como posso fazer para atrair novas pessoas para fazer parte do quadro de minha empresa

André

tenho um salão de beleza, e assumo que não sei liderar , ainda cai na bobeira de colocar a comadre do meu marido q é muito minha amiga p/ trabalhar lá depois q ela entrou minha outra funcionária imita os maus modos dela é grossa com os clientes e é cabeça dura, quando falo com ela sempre acha q esta certa, como posso mudar isto sem perder a amizade?

Claudia,

Se você não cortar a comadre, você vai perder a amizade - se é que já não foi para o saco. O "relacionamento" diário entre vocês vai acabar com o que existe de amizade.

Quem é o líder desse negócio? Se o comportamento do funcionário tá atrapalhando os resultados, corta o cara fora. Mas diga olho no olho da sua comadre o que você pensa, e o que rola, depois rua.

ARREBENTA!!

Ricardo

Tenho dois escritórios de empréstimos consignados para aposentados e pensionistas do INSS. Ainda vai fazer dois anos, quando comecei era apenas eu e meu marido e começamos com apenas um em nossa cidade mesmo. Apesar de certa falta de organização dava certo, tínhamos uma produção razoável que dava ao menos para manter as contas em dia. Com um ano veio a ideia de montar outro na cidade vizinha e assim fizemos, precisamos então contratar funcionários, um para cada escritório e contratamos também alguns corretores. Coloquei uma das funcionárias por indicação da mulher de um primo meu, que "era muito minha amiga" e que se tornou minha corretora externa, só que os problemas vieram logo. A funcionária fazia queixas a irmã que logo vinha nos encher. Nos dias em que não estávamos presente chegava tarde e saía cedo, até que depois de seis meses tive que demiti-la. A corretora irmã desta, uma folgada, sempre se achou no direito de falar como se ela fosse a patroa, dar palpites e eu não sabia e ainda não sei contornar esse tipo de situação. A essa altura a "amizade" já foi p espaço, pq pude perceber que ela é nada mais que uma aproveitadora. MAs volta e meia ela ainda aparece como se nada tivesse acontecido, traz ainda alguma proposta para eu analisar. bem... o fato é que não quero mais nenhum tipo de vínculo com essa criatura, mas não sei como fazer isso... A outra funcionária ainda permanece comigo,cumpre tds os horários,em compensação não da produção, além de vez por outra questionar até as ordens que damos, ou ligar apenas comunicando que precisa viajar nem sequer pergunta se a liberamos, é muito complicado. O fato, é que preciso contratar mais funcionários, mas fico com medo de não conseguir lidar com estes tbm. Vc acha que é mlr contratar funcionários com experiência ou sem experiência? durante o período inicial em que ele ainda estiver se adaptando como devo me portar em relação a eles? E como faço para me organizar melhor e para produzir mais? Por favor me dá uma resposta! Ana Clebia.

tenho uma pequena hortfrut onde tenho de socia minha namorada não sei lidar com ela pra tudo de errado ela tem uma descupa se eu brigo com ela,ela chega ate chora!!fala que estou tratando ela mau,o que fazer?

Boa noite, eu gostaria de uma opinião, estou bastante confusa, tenho uma empresa de bijuterias à pouco tempo e coloquei pra trabalhar comigo, uma prima do meu marido, e na verdade, é muito ruim, eu dar uma de patroa pra parente.. não estou conseguindo lidar com ela, sem dar as devidas broncas, etc.. ela tem cara feia( é o jeito dela, eu tenho dó) e o pessoal anda falando mal, dizendo que ela não atende bem.. está mmuuiito complicado pra mim... obrigada

Gostei muito das dicas, haviam situações em que nem havia pensado. Muito bom.

Oi. tenho mais de um funcionário pois meu marido tem comercio. Com os do estabelecimento não tenho muito problema pois passo o dia com ele. Mas com a empregada domestica não tenho muito gosto. Ela limpa direitinho faz as coisas. Quando ela começou meu marido e eu falamos tudo que queriamos que ela fizesse para não ficar todo dia mandando. Mas parece que ela se faz que não entende. Não tenho muito jeito para mandar ai meu marido fica me cobrando pois diz que a casa é tudo comigo. e lele é bem detalista não q eu não seja mas ele é demais e quem acaba escutando grosseirias sou eu e não ela. não tenho jeito para mandar, não gosto de gritos escandalos, sempre peço nunca digo a ela vai faz agora, sempre digo ho faz isso faz aquilo mas recebo pouco respeito.

Olá,
Bom Dia
Tenho um quiosque de vender sucos e no período da manha uma func. se destacou pelos seus desempenhos e eu então deleguei a ela a liderança(manha), dei funçoes a ela e consequentemente aumentei seu salario,mas ela é mto "boazinha" pros outros funcionários e toda vez que eu chamo sua atenção ela só dá desculpas e depois fica de "cara feia", "bicuda" o dia inteiro...queria saber como agir.
Att.
Angela

Boa Noite. Na empresa em que trabalho fui promovido há pouco tempo a coordenador de produção, acabei pegando funcionários totalmente desmotivados, exceto alguns.
Muitos deles ficam brincando em horário de serviço, jogando bolinha de papel,aviãozinho. Realmente são poucos os que trabalham. O que devo orientar a direção a fazer, mandar embora, ter uma conversa adiantaria?
obs: a desculpa deles é a falta de reconhecimento e baixo salário.

O texto e a recomendação são realmente interessantes.

Mas eu me pergunto se realmente são aplicáveis a todos os casos. É muito difícil encontrar o funcionário perfeito, o gerente de projetos adequado, o líder que será capaz de controlar todos aqueles da equipe que você não consegue alcançar.

Na minha opinião, aliás, quando a pessoa tem esse perfil acaba abrindo o próprio negócio e sofrendo do mesmo mal relatado pelo Márcio.

Já cheguei à conclusão de que não adianta ser muito compreensivo com funcionários que tem perfil leniente. Não adianta entender todos os problemas, ser flexível quanto a horários e produção. A grande maioria dos funcionários tende a relaxar e você a perder as rédeas da empresa.

O empresário é o único que sabe o valor do suor para a construção de seu sonho. Conseguir formar uma equipe ideal é como encontrar uma agulha num palheiro.

tenho um patrao que nao sabe se lidar com os seus funcionarios, fala dentro do seu proprio escritório,em tom alto, até no telefone, existe algum livro que eu possa comprar e dar a ele para ler

Minha nossa!!! Tenho que dar os parabéns ao Ricardo pela idéia do post, realmente esta BOMBANDO. Agora percebam pessoal, realmente o que esta acontecendo na maioria dos casos, por favor me digam se eu estiver errado: a alguns anos atrás ter um emprego que te dava carteira assinada e plano de saúde era um diferencial, as pessoas se davam por satisfeitas com essas condições e muitas vezes a liderança era pelo medo, ou seja, não quer tem quem quer! Atualmente esta acontecendo uma grande inversão da oferta/demanda de vagas de empregos e a gente houve falar muito que falta mão de obra qualificada no mercado. Então o que acontece é que o empresário tem o desafio de além de treinar os caras pra ficarem afiados pra demanda do dia-a-dia ainda tem que dar conta de corrigir erros comportamentais que muitas vezes nem os pais deles se deram o luxo de fazer. Ai meu amigo, começa o grande desafio do lider, principalmente porque ninguem muda ninguem, as pessoas só mudam se quiserem. Pra voce conseguir chegar nesse nivel precisa além de ter uma liderança exemplar, utilizar de ferramentas que acessem o emocional da pessoa, no racional nada acontecerá, pois passada uma semana, lá esta o malandro te dando um drible denovo. O que de fato esta cada vez mais dificil é de encontrar pessoas comprometidas com o négocio, hoje os profissionais se preocupam mais com suas "carreiras" e fazer esse link entre carreira e empresa é tarefa do líder. Falo com propriedade pois já passei por isso na minha empresa, mas digo uma coisa, teve uma ferramenta que me indicaram e me ajudou pra valer a tranformar meus funcionários, mas acima de tudo a minha empresa. É um treinamento diferente, totalmente prático, é tiro e queda! O nome é Treinamento de Liderança Master Mind. Olhem no site deles. Olhem os depoimentos no You Tube de gente famosa que fez e obteve muito mais resultado. Espero ter contribuido um pouco com a discussão. Fica a dica de coração pra todos.

O que eu faria em um caso desses:

Pegue a maçã mais podre e jogue-a fora, sem dó nem piedade, demita um!

O líder nessa hora tem que ser VOCÊ! Nada de gerente neste momento, afinal, o pessoal não acredita em você! Depois que eles confiarem em você treine a liderança com um de seus colaboradores para que a roda gire sem precisar de você.

Além de estimular seus funcionários a estudar e tirar certificações, traga projetos inovadores e diferentes, trabalhar em projeto chato é uma merda!

Implemente o senso de urgência, jogue fora os quadrinhos bonitinhos da parede e cole métricas com acompanhamento semanal, premie os bons e deixe claro que os ruins precisam melhorar, defina exatamente o que você espera deles, prazo de tarefa tem que ser sempre subestimado até sua equipe se tornar sênior em mentalidade.

Todo ser humano quer fazer parte de algo maior, injete neles o sonho de querer mudar o mundo, mas veja como realmente seu produto/empresa pode fazer isso.

Tenho uma empresa e vivo refén deles. Acho um absurdo e isso me faz mal, como já foi dito o país é um paizão para os funcionários o que piora ainda mais a situação. No meu caso existem problemas básicos se não ficar em cima nem no horário eles chegam. Cada dia fica pior e as pessoas mais sem respeito. Até gente que me roubou eu já tive que aturar por um tempo porque não conseguia contratar outra. Olha sinceramente sinto raiva deles e não quero ter o menor contato em festas de fim de ano minha vontade é não ir. Não existe o que compartilhar com pessoas péssimas e o pior, fica sempre nisso 6 meia duzia. O que devemos fazer, contratar uma empresa de recursos humanos para seleção? Ou a coisa está tão banalizada que está assim mesmo não tem jeito.

Bom dia Ricardo, faz dias que estou lendo suas respostas, acho todas elas interessantissimas, agora chegou minha vez, sou encarregada da ADM na empresa onde trabalho, porém existe colegas de trabalho meus, que trabalham no mesmo departamento, que ultimamente anda tendo vamos se dizer " inveja" com a relação que tenho com os funcionários todos, com meus Diretores, claro que não sou perfeita, mas sou uma pessoa muito exigente, o que você me aconselharia o que devo mudar, devo exigir menos... me socorre

Adriana,

Você tem que fazer o seu trabalho, ajudar os outros a fazerem os deles, e ponto.

Dane-se quem tem inveja de você. O problema é deles e não seu. Alimente apenas sentimentos bons com relação aos outros e bola pra frente.

Agora, o importante é a empresa em que você trabalha ser CLARA e ESPECÍFICA com as pessoas sobre o que cada um tem que fazer. E cobrar SEMPRE MAIS resultados das pessoas. Dessa maneira os cabecinhas não terão tempo para pensar em sentimentos ruins como inveja e outras drogas.

AJUDE os seus chefes a baterem as metas deles. FOCO em ajudar quem está acima de você. As pessoas que estão abaixo terão mais oportunidades se você abrir caminhos no topo.

Se você estiver entregando, sendo proativa, inovadora, humana com as pessoas, te garanto que aqueles que interessam vão te valorizar, e aqueles que estão ai para passear não vão gostar de você.

Não é possível agradar os dois grupos. Você vai ter que escolher um deles, qual você escolhe?

ARREBENTA!!

Ricardo


Estou gostanto muito dos posts e opiniões, mas me surgiu uma outra situação: E quando o funcionário é extremamente produtivo, dando ótimos resultados, no entanto é genioso, às vezes chegando a ser mal-educado com os clientes? No caso de já se ter conversado sobre o assunto com ele, que atitude tomar?

Boa tarde

Trabalho em uma escola, fui contratada para trabalhar no secretaria, mas meus patrões querem que tome conta do dep de vendas, e a outra funcionaria da secretaria é de menor. O que acontece: as pesoas de vendas, só trabalham quando um deles está aqui, a outra pesoa da secretaria, não quer saber de nada, se fala para ela fazer algo, ela diz que não recebeu ordem. O que faço não sei lidar mais com todos. Patrões me cobram, funcionarios fingem que trabalham e ainda acham que eu sou culpada, me ajude
Obrigada

tenho uma loja onde tenho 2 funcionarios que estão a muitos anos e deles e o gerente mas os dois estão fazendo coisa errada tenho todos os doc.pagos impostos tudo devo demitir os dois????

Boa noite.

Trabalho em uma panificadora como gerente, fui contratado recentemente para melhorar as vendas, mas principalmente para " chegar junto" nos funcionários, só que a tarefa não está nada fácil . Sou gentil, educado com todos, mas mesmo assim o pessoal não fazem o que é pedido, quando faz é mau feito, comem em horário impróprio e em local indevido, e o principal lanches nao autorizado.
Obs: o lanche do pessoal e bem caprichado dificilmente uma empresa da um lanche igual ao nosso.
Tem mais um monte de irregularidades, mas por enquanto se puder me ajudar com essas citadas acima agradeço muito.

Ótimas sugestões Ricardo Jordão... Se não se importa vou até roubar algumas rsrs...

Aproveitando, meu conselho seria a leitura do livro "Como fazer amigos e influenciar pessoas" de Dale Carnegie.
Eu o considero como a bíblia das relações humanas. Sobre o que o Ricardo disse em motivar as pessoas, cito a seguinte passagem do livro:

"DESPERTE UM FORTE DESEJO NA OUTRA PESSOA"

Mas só de não esperar que as coisas melhorem por conta própria e pedir a ajuda dos melhores (Ricardo Jordão) já é um ótimo começo.

Abraços e boa sorte !!

Oi Ricardo, tudo bem???
Sou funcionária pública de nível superior e fui convidada para assumir uma gerência no meu setor de trabalho. Acontece que as pessoas ao saberem da minha indicação começaram a cogitar em fazerem greve. Pelo que percebo muitos não gostam de mim pelo fato de querer tudo certo e compromisso com o serviço, visto que trabalho com exames de pacientes internados e ambulatorial.
Muitos desses funcionários fazem seu serviço mecanicamente e outros fazem de conta que sabem e não aceitam serem corrigidos.
A falta de respeito com os superiores e entre eles é gritante.
Fiz curso de gestão, mas experiência não tenho e estou em dúvida se aceito o convite, pois não sei se saberei lidar com essas situações.
O senhor poderia me dar algumas orientações e o que acha do que expus.

Cara Maria José,

Tudo bem? A verdade é que a grande maioria das pessoas pararia de trabalhar se pudesse. A grande maioria trabalha por trabalhar porque precisa de dinheiro para viver; portanto, não adianta ficar se preocupando com a galera. Ou você corta essa turma fora ou tem que viver com esses palermas.

A dica que eu dou para você é a seguinte: deixe MUITO CLARO para todos o que o grupo que você terá responsabilidade tem que entregar para a empresa. As coisas tem que ficar MUITO CLARAS. O que cada um tem que fazer tem que ficar MUITO CLARO. Eu sei que isso é difícil, mas tem que ficar claro.

Isso é importante para que você tenha uma conversa TÉCNICA com a galera e fuja do emocional das coisas. Eu sei que estamos lidando com pessoas blá blá blá, MAS, no final do dia o ser humano é um ANIMAL como outro qualquer, e se ele perceber o que tem que fazer, metade da galera vai trabalhar como tem que trabalhar.

Se eu fosse você, eu assumiria o cargo, e com 10 dias na posição eu já mandava o maior vagabundo do grupo embora para mandar uma mensagem CLARA para a galera que você não está brincando, e que vai exigir X, W e Z porque simplesmente você quer o MELHOR para o grupo. Tem que ficar CLARO que você está fazendo isso para o BEM do grupo.

Liderar pessoas hoje em dia é MUITO DIFÍCIL. As pessoas só vão te seguir se você souber onde você quer chegar. As pessoas só vão te seguir se elas se interessarem pelo lugar onde você quer levar a todos. Se você não tem idéia de nada disso, pula fora. Ninguém vai seguir alguém que não sabe onde quer chegar.

Tá faltando líderes no mundo. Se você sente que tem coragem para dar a cara para bater e enfrentar os vagabundos de frente, pega a liderança para você e mete bala.

Outra coisa IMPORTANTÍSSIMA: a galera só vai seguir aqueles que SOUBEREM FAZER aquilo que mandam outras pessoas fazerem. Portanto, CUIDADO com o que você pede para os outros fazerem. Não DEFENDA coisas que você mesmo NUNCA fez. Muito provavelmente essas coisas estão obsoletas mesmo e não funcionam mais. Experimente suas próprias idéias antes de mandar os outros fazerem. Quando a galera ver você fazendo o que você pede para os outros fazerem eles vão te seguir.

Vamos que vamos!!!

ARREBENTA!

Ricardo

OLA BOA TARDE,TENHO UM RESTAURANTE E 7 FUNCIONARIOS EXTEAMAMENTE DESOBEDIENTES,FAÇO REUNIOES SEMANAIS,PAGO TODOS EM DIA,ELES SE ALIMENTAM A VONTADE , NAO A NENHUMA RESTRIÇAO COM ALIMENTOS PRA ELES NA CONZINHA,PAGO HORAS EXTRA SE PRESSISAR,SOU AMIGA E PATROA AO MESMO TEMPO PRA ELES ACHO Q NAO SOU TAO RUI ASSIM PARA ELES MIM ERRITAREM TANTO,QUANDO PEÇO ALGO ESLES FAZER MAS QUANDO EU SAI ,PRONTO....NINGUEM FAIZ MAS NADA.POR EX FACO REUNIOES E TODOS FAZEM COMIGO O CARDAPIO DA SEMANA, AI EU IMPRIMO O PAPAEL E COLO LA NA PAREDE TD CERTO.OK MASSSSSS QUANDO COMEÇA A SEGUNDA FEIRA NINGUEM FAZ LA O Q EU PEDIIII FAZ TUDO AO CONTRARIO,OUTRO EX MANDO CONZINHA 2 KG DE ARROZ ELAS CONZ 4KG.QUANDO SOBRA MUITO COMER MANDAO ELAS AMARZENAREM PARA Q EU POSSA DAR ALGUMA PESSOA CARENTE CLARO? QUAAANDOOO SAIO ELAS JOGAM NO LIXO...........PORFAVOR MIM AJUDEM ONDE ESTOU ERRANDO NESSA ADMISTRAÇÃO Q FAÇO

olá, boa noite, estou precisando de ajuda
Sou Administradora em um salão de beleza, e estou tendo muitos problemas em gerir os funcionários.
Eles se atrasam, mesmo tendo clientes em suas agendas, não tem iniciativa de ajudar uns aos outros, existe muitas fofocas, faltam e deixam os clientes na mão. Não se justificam, quando chego em um ambiente ficam todos mudos. Pedem adiantamento em dias que não são corretos.
EX> pagamento são no 5 dia útil e adiantamento dia 20, em outras datas me pedem dinheiro e ainda fazem cara feia quando nego.
Estou a 1 mês, faço tudo que possa imaginar, quando consigo uma folga eles me adoram, quando tenho que mandar pra casa pq chegou 1 hora atrasados querem me matar.
Estou perdida precisando de noções em gestão de pessoas dentro do salão
Socorro!!!

Boa noite
como estao?
Gostaria de pedir dicas para premiar os colaboradores que menos produzem no meu sector. Sou um gestor de um call center. Tenho inclinação e criatividade para reconhecimento e premiacao dos colaboradores que mais produzem no meu sector mas em contra partida tenho dificuldades em identificar prémios que tenham a cara das pessoas que produzem menos. Ou seja, peco sugestões para este impasse.
Pressione a tecla Enter para e

Ricardo,

Primeiramente quero agradecer por compartilhar tanta informação útil e interessante! Bem, estou com um problema que queria saber se você pode me ajudar.

Tenho um negócio distante de minha residência (80km), o que me dificulta abrir e fechar o estabelecimento, ficando a cargo de uma funcionária de confiança.

Ocorre, que esta funcionária quando encerra o expediente prefere continuar no meu negócio fazendo hora para não ir para casa, pois tem problemas de relacionamento com a mãe, de modo que aproveita este tempo navegando na net, ouvindo música, vendo o face e aí resolve adiantar algum serviço pendente de forma bem tranquila, sem pressa, pois o que ela quer é matar o tempo no conforto e segurança do meu negócio.

Bem, ela nunca me questionou sobre horas-extras, mas tenho receio de um dia ela questionar, pois como o "controle" da hora-extra fica por conta dela e como eu não tenho como fechar o negócio todos os dias e "expulsá-la", isso já virou uma rotina que eu quero modificar de uma forma sutil e não sei como.

Vale dizer, que as vezes me sinto "refém" dos meus 4 funcionários, mas não deixo isso transparecer e ser for necessário eu mostro que "eu tenho a força", como recentemente ocorreu com a dispensa de um funcionário que me desrespeitou e eu o mandei embora para servir de exemplo e esta funcionária chegou a insinuar que abandonaria o barco caso ele fosse embora pq não daria conta do serviço sem ele que o ajudava muito.

Bem, como posso modificar a rotina da "hora-extra" sem demonstrar a minha real preocupação do que isso pode me gerar de problemas no futuro? Estive vendo uma resolução do Min. do TRabalho e vi que o ponto eletrônico não pode ser configurado para limitar as horas-extras...

Existe algum mecanismo de TI que possa bloquear o sistema utilizado após um determinado horário? Existe alguma mecanismo de monitoramento que possa cortar a energia do estabelecimento após X horas? Estou querendo alguma forma de inviabilizar a permanência dos funcionários após o expediente...

Toda ajuda será bem vinda! Obrigada!

Caro Amigo,

Sou coordenadora de um ong, entrei agora mas tem muita coisa para ser organizada mas estou tendo a resistência de um professor que influencia os outros funcionários como devo agir para colocar ordem naong? Por favor me ajude pois já estou sendo chamada a atenção por falta de pulso firme.

Infelizmente a realidade e muito diferente. Essas técnicas de motivação funcionam com profissionais mais qualificados no âmbito técnico e de educação, o que e longe da realidade cultural brasileira onde se destila maus sentimentos as pessoas bem sucedidas e gestores em geral. Na pratica ja perdi muito tempo explicando motivos, motivando, mostrando a importância e nada. Determinado publico nao reage a isso. Qdo estalei o chicote aquilo que em dois meses nao era possivel ficou pronto em uma tarde. Funcionário desidioso e que se coloca nessa situação. Funcionário bom e funcionário obediente.

NA VERDADE, QUERO MUITO AJUDAR ESSA MINHA AMIGA,JÁ DEI ALGUMAS SUGESTÕES, MAS QUE NÃO FORA ACEITAS!ESPERO DE VERDADE QUE VOCÊS POSSAM ME ORIENTAR!!!

BOA TARDE SOU A VALDIRENE COMECEI FAZER BOLOS EM CASA HA DOIS ANOS E MEIO ALUGUEI UM SALAO AS VENDAS FORAM CRESCENDO TAO RAPIDAS QUE HOJE JA ESTOU COM VINTE E DOIS FUNCIONARIOS E NAO SEI COMO LE DAR COM ELES O QUE FAZER

Boa Tarde Ricardo!
Li alguns comentários e me identifiquei bastante com alguns, segue então o meu "dilema"
Sou casada, e meu marido comprou a empresa( lavanderia) do pai dele, porque este se mudou, antes a mae dele trabalhava na empresa, e alguns meses antes deles se mudarem eu sai do meu emprego para ajudá-lo na empresa, afinal a mãe dele logo sairia, a empresa tem a 10 anos já, e atua em duas cidade. Logo a mae dele demorou p sair e ai aconteceram diversas turbulências entre nós.
os funcionários acredito que em parte perceberam, mas enfim, eles saíram da empresa, e fizemos os acertos.
Haviam na época, 4 funcionarios mais eu e meu marido, uma de 7 anos, outro de 2 anos, e outra de 4 anos de empresa, demitimos a 7 anos e o de 2 anos, pelo motivo de quem nenhum deles aceitaram a nova diretoria.
ficamos com a de 4 pois disse que se adaptaria as mudanças.(mudamos muitas coisas, que surtiram efeito possitivo na empresa e na equipe) contratamos mais 3 funcionarios, hoje estão com 4 meses de empresa.
eu fico na em um aloja diereto, meu marido cuida do externos, e a outra loja é pequena fica uma fincionaria.
o problema que a a funcionária de 4 anos de empresa, "manda mais" que eu. eu não sou estilo autoritária, acho q cada um sabe o que deve fazer, auxilio e pronto e claaarooo resolvo os pepinos c clientes, mas os funcionários sempre se apresentam a ela, para perguntar e etc... sei que é pq ela tem mais tempo de empresa, mas, estou farta de não me ouvirem, e aliás ela se mete no que eu falo ou responde por mim.
áh ja estava esquecendo do detalhe... tenho SÓ 20 anos
e os funcionarios entre 50 anos ...
complicado né?
Pois é... Faço Pedagogia, e penso em sair da empresa mais breve do que imaginei, o que eu faço?? meu marido diz qe precisa de mim lá ainda, mas não quero demitir a funcionaria de 4 anos, até pq gosto dela, mas estou farta de não ser levada a sério, a final sou eu quem pago os salários deles, e nao tenho respeito algum.
se puder me entender, ja me ajuda bastante!!

Bom dia,
Tenho um sério problema. A maioria dos funcionários tem mais de 20 anos de empresa. Aqui ninguém respeita nada, falam alto, reclamam para os clientes e ate indicam fornecedores nossos para os clientes! Teve um funcionário que chamou o dono para resolver 'o assunto' lá fora no estacionamento. Quando temos que viajar ou sair mais cedo, esse funcionário leva bebida pra dentro da empresa, tira a autoridade do meu marido quando ele está instruindo outro funcionário...
O problema de mandá-lo embora é o desfalque que a empresa terá. Preciso de ajuda! Obrigada.

Tenho 1 salão de beleza com 16 funcionarios e tenho muito problema em conseguir administrar os funcionarios em questão de horário..., faço reunião, treinamento e é sempre a mesma coisa, o meu pior problema realmente são as manicures, pois estã sempre chegando atrasadas e não consigo mandar voltar pq. estão sempre com a agenda cheia e não tenho outra para suprir a necessidade..., as vezes não cumpriem as normas da empresa e quando chamo a atenção no dia seguinte arruma uma desculpa e não vem trabalhar e quando desconto no contracheque querem me matar! Sempre trabalhei com gestão só que este ramo está me deixando doida! Estou implantando até plano dentário para ver se melhora. Quanto a demitir não tenho medo, já demiti funcionária de 5 anos, mas o meu problema é sempre manicure e recepção.

Olá! Tenho um problema sério! Um rapaz que contratei para trabalhar comigo está se mostrando uma pessoa de duas caras. É o tipo que parece muito sério e profissional, mas ao trabalhar com ele, noto que não se esforça para trabalhar, sempre "se esquece" das tarefas, nunca assume culpa ou responsabilidade nenhuma, joga sempre o trabalho que é dele para costas do outro, seja subordinado ou chefe. Além de adorar uma intriga e uma fofoquinha. Fala mal de todos com quem trabalha, inclusive critica o trabalho alheio - sendo que muitas vezes, comete o mesmo erro ou até pior!! Mas é do tipo que fala pelas costas, porque alem de tudo, é covarde e falso e sonso.

Como lidar com um funcionario desses???

Post a comment

Os Comentários no Blog da BIZREVOLUTION são moderados. Por favor participe da conversa com comentários construtivos. Não é porque você está escondido atrás de um teclado que você pode bancar o machão. Você PODE e DEVE DISCORDAR das nossas idéias o quanto quiser. Apenas não toleramos que você humilhe as pessoas para defender as suas idéias. Comporte-se na internet da mesma maneira que você se comportaria na frente do seu cliente mais importante. Se você tem a necessidade de bancar o troll na web, recomendamos uma terapia. O seu comentário será liberado em alguns instantes.

Se você tem uma conta TypeKey ou TypePad, por favor Sign In


BUSCA

GRÁTIS!

Cadastre o seu email para receber os nossos últimos artigos no e-news QUEBRA TUDO!


Direto das Trincheiras!


COMENTÁRIOS RECENTES

Você já leu o QUEBRA TUDO?