Skype: BizRevolution | Fone: 11-4153-0885

« Plano de Marketing para uma microempresa. | Main | Preços Públicos no B2B. »

26/02/2010

Che e os Maricóns.

Pin It

"Sonha e serás livre de espírito, luta e serás livre na vida." Che Guevara

Você já ouviu falar no cara. Em 1960 um fotógrafo cubano o imortalizou no retrato mais reproduzido do século 20. Ele é o guerrilheiro revolucionário  mais famoso do mundo. No ano passado, 41 anos depois da sua morte, Gisele Bundchen desfilou nas passarelas de Paris usando uma calcinha tomada pela sua imagem. A belíssima Angelina Jolie tatuou o seu rosto em um lugar que ninguém pode ver, a não ser o Brad Pitt. Você provavelmente já viu o seu retrato estampado em milhares de camisetas de estudantes, bonés de baseball  e bonequinhos para crianças. O nome dele é Che Guevara, um dos líderes da revolução que mudou a história de Cuba para sempre. 

Che não foi nenhum Gandhi. 

Enquanto o líder indiano acreditava na Teoria da Não Violência para mudar o mundo - e de fato conseguiu ao libertar a Índia dos ingleses sem derramar uma gota de sangue, Che acreditava na Bala como Ferramenta de Mudanças - além da escrita, da palavra e da sua ética particular. 

Os mais críticos dizem que a Revolução Cubana liderada pelo triunvirato Che, Fidel Castro e Raul Castro matou 100 mil pessoas quando tomou o poder em Cuba, outros dizem que foram 200 mil mortos, e outros mais conservadores falam de 10 ou 20 mil. Sabe-se comprovadamente que Che assinou pessoalmente a sentença de fuzilamento de pelo menos 4 mil cubanos seguidores do regime que ele botou para correr. 

Che não fazia questão alguma de esconder as matanças. No seu discurso feito na ONU em Dezembro de 1964, ele disse, "Nós fuzilamos, e continuaremos a fuzilar o quanto for necessário". 

Quando eu era criança, eu tinha medo dos comunistas. Eu me lembro de alguém dizendo na escola ou na televisão ou em alguma reunião de família, que na União Soviética as pessoas tinham que dividir suas casas com outras famílias; do nada, no meio da noite, a polícia obrigava as famílias a dividirem suas camas com outras pessoas, e quem não topasse a parada era comido pela polícia comunista.  Esse mito circulava no Brasil na década de 80!

Imagine então o medo que tomou conta do mundo ocidental quando um grupo de guerrilheiros vestidos como militares mulambentos,  gritando hinos revolucionários, destronou políticos de gravata com terno branco e fala mansa em 1959. 

Mas nem todos ficaram com medo da revolução de Cuba. 

"Eu acredito que não existe nenhum país no mundo incluindo todos que foram colonizados, onde a exploração econômica e humilhação foram piores do que em Cuba, em parte devido as políticas dos EUA durante o regime Batista. Eu aprovei a proclamação que Fidel Castro fez em Sierra Maestra, quando ele justificadamente clama por justiça e pelo fim da corrupção em Cuba. Eu vou até mais longe: de alguma maneira a Era Batista foi a encarnação de um grande número de pecados por parte dos EUA. Agora nós temos que pagar por esses pecados. Com relação ao regime Batista, eu estou de pleno acordo com os revolucionários cubanos. Que isso fique bem claro.“ John F. Kennedy, Presidente dos EUA em entrevista para Jean Daniel, 24 de Outubro de 1963

Que fique também bem claro que eu estou falando o tempo todo sobre negócios,  marketing, comunicação, percepção e liderança. 

No dia 22 de Novembro de 1963 em Dallas, a céu aberto, os assassinos de Kennedy resolveram mandar um recado  a toda nação americana: "Aqueles que são contra a guerra do Vietnam ou a favor dos revolucionários de Cuba não tem nenhum futuro nos EUA". 

A ironia disso tudo é que Che e Fidel Castro não eram comunistas.  O comunista da época era o Batista, o ditador que eles derrubaram. Batista era apoiado de um lado pelo Partido Comunista de Cuba e consequentemente pela União Soviética, e do outro lado pelo pior dos EUA na figura de mafiosos e empresários americanos safados que vinham se aproveitando do espírito corrupto de Batista para roubar, assaltar e ganhar dinheiro em cima de uma ilustre e desconhecida ilha caribenha fincada no meio do Atlântico.

A história do Brasil não é muito diferente da história de Cuba. Nesse exato momento em algum lugar distante nesse brasilzão, você encontra algum político safado se vendendo para algum homem branco da pior espécie em troca de terras ou concessões para que o homem branco safado possa ganhar muito dinheiro a custas de oportunidades que vão deixar os mais pobres de fora. 

Che e Fidel Castro não eram comunistas, eles eram revolucionários. Eles não tinham rabo preso com ninguém, nem com EUA e nem com União Soviética. Por conta disso, eles eram imprevisíveis. E isso deixava todo mundo de cabelo em pé. Ninguém sabe ao certo qual será o próximo passo de alguém que não deve nada a ninguém.  A sociedade em que vivemos não gosta de gente assim. Mas é exatamente isso que faz de alguém um verdadeiro revolucionário, não ter rabo preso nem com a direita nem com a esquerda. O verdadeiro revolucionário tem rabo preso com a causa que tanto defende, com o objetivo que tanto quer atingir. 

O revolução de Che era sobre devolver a ilha para os pobres que foram obrigados a se submeter a trabalhar em sub-empregos para os invasores gringos apoiados pela ditatura de Batista.  

Che é tão cultuado no mundo inteiro quarenta anos depois da sua morte porque entre outras coisas, ele tinha apenas 30 anos de idade  quando venceu a revolução Cubana a frente de 200 guerrilheiros maltrapilhos e empreendedores contra o exército de 40 mil militares funcionários públicos de Batista.

O que você acredita que é mais importante na vida para fazer e acontecer alguma coisa?

Tempo, dinheiro ou energia?

Energia, é claro!

Energia, esse fator X que move as pessoas e as transformam em feras enlouquecidas e incansáveis rumo a um objetivo aparentemente impossível de se realizar para os maricóns meia bomba que eventualmente estão cheios de tempo e dinheiro.

Os guerrilheiros de Che e Fidel Castro passaram por todo tipo de provação no período em que se misturaram com a floresta no meio das batalhas com o exército. Apesar da falta de homens - e frente a possibilidade de enfrentar milhares de soldados do exército cubano apoiados por americanos e soviéticos  -, Che sabia que alguns guerrilheiros não tinham o espírito necessário para tocar a revolução em frente. Ele então reunia a tropa para sessões frequentes de deserção forçada. 

"Vocês terão outra chance como essa somente daqui um mês", dizia Che, "Se alguém tá afim de desistir, que desista agora. Dê um passo à frente , largue as suas armas, suas roupas e caia fora. A revolução que estamos fazendo aqui não é lugar para maricóns.". 

Empreendedorismo é para poucos. Empreendedorismo não é lugar para maricóns e suas desculpas furadas sobre porque não dá para fazer alguma coisa. Os maricóns não servem para empreender. Maricóns servem para trabalhar em lugares onde existem tempo e dinheiro de sobra. Maricóns cabem em grandes empresas com grandes escritórios onde é possível se esconder atrás de uma tela de 21 polegadas ou de um mega departamento por anos a fio até alguém notar que o maricón é um grande maricón. 

Uma pequena e média empresa não pode se dar ao luxo de ter maricóns no seu quadro de empreendedores. Se uma empresa com vinte pessoas tiver quatro maricóns, essa empresa tem 20% da sua força de trabalho com energia meia boca. 

O negócio é emparedar a turma a cada três meses e cortar fora todos os maricóns que atrasam a vida dos empreendedores que querem fazer a empresa avançar. Rapa fora com os maricóns! Empareda os maricóns!

Acredite, você precisa de energia. Energia leva ao tempo que leva ao dinheiro. 

"Nós fuzilamos, e continuaremos a fuzilar se preciso for". 

Visualize a situação. Che e Fidel ganham a revolução, chegam em Havana, entram no palácio do safado do Batista. 

O que eles deveriam fazer em seguida? Ligar para os juízes, advogados, deputados, vereadores, jornais, e polícia local para prender o Batista e sua turma de corruptos? 

Como isso seria possível se todos os juízes, advogados, deputados, vereadores, jornais e polícia local também faziam parte da rede de corrupção que mantinham o safado do Batista no poder?

Che fez o que todo brasileiro sonha em fazer:  ele emparedou todos os maricóns safados que roubaram a ilha durante 20 anos e passou fogo neles. Em 1959 ainda não havia uma consciência global sobre direitos humanos ou proteção contra corruptos e safados.  Hoje essa consciência já existe. Se um deputado safado em um país de terceiro mundo como Brasil rouba 100 milhões de reais do povo, o cara fica solto, não precisa devolver o dinheiro; o cara não perde o mandato, e muito menos é preso, nada acontece com o safado.  Nada acontece porque todos aqueles que fazem parte do poder tem o rabo preso com o cara, e então, o cara se livra. Che não queria que isso acontecesse com Cuba, então, ele decidiu empareder os maricóns e passar fogo neles. 

Nós aqui do Brasil temos uma imagem ruim de Cuba, Fidel Castro e Che porque - entre outras coisas - a revolução Cubana prejudicou gente poderosa que tem filiais no Brasil. A Igreja Católica Apóstolica Romana, por exemplo, perdeu o seu status de religião oficial em Cuba, e teve que devolver todos os bens que havia acumulado no país quando a revolução ganhou a guerra. Diferente do Brasil, onde somos levados a seguir uma determinada religião, em Cuba a escolha da religião é livre.  Como a Igreja Católica Apostólica Romana tem um grande poder no Brasil, sabe-se lá qual é a história que eles vem contando nas últimas décadas sobre Cuba. 

É muito fácil para nós da classe média alta de um país como o Brasil que nunca brigou por nada para ter nada dizer que o cara fez alguma coisa errada, entretanto, você precisa considerar as circunstâncias da época, a evolução do ser humano da época, e tudo que havia em volta. 

Até Che e Fidel Castro aparecerem no pedaço, Cuba não passava de uma ilhota desconhecida no meio do Caribe.  A América Central e o Caribe estão cheios de ilhotas e países como Cuba.  

Haiti, Honduras, El Salvador, Guatemala, República Dominicana, Panamá e tantos outros ilustres pobres miseráveis e desconhecidos são explorados e massacrados há décadas pelo homem branco que rouba dessa turma porque eles são exatamente isso: ilustres desconhecidos abandonados pelo mundo.

Quem entre nós liga para o futuro de Honduras, ou El Salvador ou ligava para o futuro do Haiti - até acontecer o terremoto recente? Ninguém. Quando ninguém se importa com gente pobre, quando a humanidade abandona os seus irmãos mais necessitados, o pior do homem branco vai até esses lugares e os transformam em um inferno maior do que já são. 

Se a revolução Cubana não tivesse explodido em Cuba, hoje os caras estariam tão ruins quanto o Haiti. O levante dos jovens estudantes revolucionários contra a corrupção, o capitalismo e o socialismo distorcidos por uma ditadura semelhante ao que temos aqui no Brasil, colocou Cuba no mapa e mudou a vida da ilha. 

Hoje nós temos a imagem de uma Cuba caindo aos pedaços. 

Muitos acreditam que a ilha caí aos pedaços porque Fidel Castro não passa de um comunista safado milionário que explora o povo ou mata a turma que é do contra. Mas não é nada disso. Fora o embargo dos EUA, o que rola por lá é uma questão mais filosófica:  Por que viver em uma sociedade que valoriza aqueles que tem dinheiro para trocar o carro todos os anos? Por que viver em uma sociedade onde a muher mais bacana é aquela que troca de geladeira todos os anos? Por que viver em uma sociedade onde a melhor criança é aquela que tem mais Barbies ou mais cartuchos de videogames? Por que eu deveria viver em um lugar onde TER é mais importante do que SER? 

Eu sou capitalista. Não me entendam mal. Eu sou a favor do Individualismo, da Liberdade total de cada um de nós ir e vir, do Empreendorismo e da Filosofia da Energia.  É por isso mesmo que não é possível negar  - como John F Kennedy fez - o valor dos ideais pelo qual Che viveu e morreu. 

Na estrada rumo a Havana, praticamente vitoriosos da guerra da revolução, passa por Che um carro esporte conversível vermelho e branco último tipo lotado de seus guerrilheiros, "Ei Che, ganhamos a revolução, vamos invadir Havana!", gritaram os guerrilheiros em disparada, Che então pede para o motorista do jipe meia boca em que ele estava para acelerar e alcançar o carro esporte.  Depois de uma certa perseguição, Che desce do jipe e vai até os guerrilheiros felizes da vida no carro sem capota. "Onde vocês conseguiram esse carro?", "Nós pegamos da casa do chefe de polícia de Santa Clara" respondem os guerrilheiros, "Então vocês vão até lá devolver.  Nós não estamos fazendo essa revolução para vocês entrarem em Havana dirigindo um carro roubado. Voltem para Santa Clara, devolvam o carro, e entrem em Havana a pé.". Os guerrilheiros deram a meia volta com o carro e voltaram para Santa Clara. 

A sociedade em que vivemos é construida todos os dias por homens brancos corruptos em busca de uma oportunidade de explorar os esquecidos,  por maricóns a procura de sombra e água fresca em um local onde ninguém cobra muita coisa deles, e por empreendedores revolucionários que vivem e morrem  pela oportunidade de mudar para melhor a vida das pessoas. 

Quem é você? 

Você é um maricón, um homem branco safado ou um empreendedor?

Qual é a sua revolução?

Você tem alguma? 

"Aqueles que não tem coragem de morrer por uma causa, não merecem viver." Martin Luther King. 

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?

TrackBack

TrackBack URL for this entry:
http://www.typepad.com/services/trackback/6a00d83451bad569e201310f3d5215970c

Listed below are links to weblogs that reference Che e os Maricóns.:

Comments

Feed Você pode acompanhar essa conversa ao assinar comment feed for this post.

"...desconhecida ilha caribenha fincada no meio do pacífico." Erro de geografia ou alguma outra intenção?

Ricardo, EXCELENTE seu artigo . Meus Parabens.
Hoje, dia 26/02, ultimo dia do mes, com a obrigação de atingir as METAS , seu artigo é uma fantastica ferramenta motivacional.

Obrigado por nos brindar com suas palavras.
e Viva La Revolucion!
/Fabio Coelho

A França também teve um revolucionário... Robespierre.
Assim como Che, Robespierre acredita na revolução e para isto lançou mão das armas, ou melhor, lançou a guilhotina! Mandou tantos nobres para a guilhotina quanto os conseguia capturar.
Feita a revolução e com os propósitos iniciais corrompidos pela Burguesia, mandaram ele para a guilhotina.
Sua ultima frase: "O tumulo dos Heróis é o coração dos vivos" e diz a história que em silencio, seguiu para a morte.
Um tanto quanto diferente de Che, que segundo a história, suplicou por sua vida! Estava ele disposto a morrer pela revolução? (By the Way, ele carregava no pulso um Rolex!!!)
Um é Herói, o outro mito (fabricado e explorado comercialmente... dado ao fato de que esta minha geração é um poço sem fim de futilidade, promiscuidade, preguiça e acima de tudo, burrice).
Sugiro a todos treinar o espanhol e lerem o blog da Yoani Sánchez... ela relata de forma nua e crua (e claro é perseguida por isto) as maravilhas que a revolução proporcionou ao povo de Cuba!
So sorry, prefiro ficar com Robespierre, Joana D’Arc, São Francisco de Assim, Lutero, Madre Teresa, Chico Xavier, etc, etc, etc... mas enfim... devo ser um Maricón!!!

Fazer revolução oral é bem mais "sombra e água fresca" do que fazê-la na real na verdadeira onde o cara se expõe de corpo e alma a correr riscos de verdade, Cuba precisa de uma nova revolução agora para se livrar dos Castros assim como se livraram do Batista, corrupto por corrupto e o cubano continua à margem de uma vida de empreendedorismo que defendemos.

Ricardo,
Pelamordedeus... Ilha caribenha no pacífico... Isso è papo de Yankee... Perdoa-se lapsos de memória quando não vem inseridos num discurso inflamado para defender um assassino. Mas Che, Fidel e seus comparsas foram isso sim Assasinos. Os mesmos que levaram Jesus Cristo à cruz.
Agora quanto, no Brasil sermos obrigados seguir uma religião católica. Balela... Aqui è o terreno mais fèrtil que existe para "empreendedores" safados, criar igrejas em qualzer puteiro falido ou oficina mecânica abandonada. Não sou Católico, para que saiba. Fui criado sob orientaçao Luterana (Lutero foi revulucionário). Hoje não frequento igreja, templos, ou o quer que seja, por que não se pode seguir a filosofia dum homem, nascido num estàbulo, frequentado palàcios construidos por pastores e padres empreendedores safados, que exploram a pobreza de espírito e ignorància do povo.

Sabe o que precisamos mesmo, onde concordo a ultima parte do seu discurso. De gente que empreenda, que construa uma escola embaixo duma arvore, para fazer povinho brasileiro a pensar e não ficar reclamando. Pois a humanidade sempre estará cheio de gente safada, exploradora, por que sempre terà mais gente mediocre querendo ser explorada pelos primeiros em troco da promessa de um dia se darem bem também.

Faça se a revolução de atitudes e idéias.

Um Bom Dia.

O Plural de maricón é maricones.

Excelente o seu artigo, parabéns.

CHE foi um assassino sangunario, safado...mito que renitentes ideólogos do marxismo usam como instrumento facilitador da doutrinação que continuam a fazer em escolas e universidades....

Posso desafiar sua inteligência um pouquinho?

Observe as frases:

“Eu sou capitalista. Não me entendam mal. Eu sou a favor do Individualismo, da Liberdade total de cada um de nós ir e vir, do Empreendorismo e da Filosofia da Energia. É por isso mesmo que não é possível negar - como John F Kennedy fez - o valor dos ideais pelo qual Che viveu e morreu. “


“che (com letra minúscula como deve ser) nunca passou de um porra louca assassino sanguinário que matou todos que não não vestiam vermelho e acreditavam na sua verdade marxista”.

“ A sociedade em que vivemos é construida todos os dias por homens brancos corruptos em busca de uma oportunidade de explorar os esquecidos, por maricóns a procura de sombra e água fresca em um local onde ninguém cobra muita coisa deles, e por empreendedores revolucionários que vivem e morrem pela oportunidade de mudar para melhor a vida das pessoas”.


“Eu acabo de assistir A Cidade Perdida, o primeiro filme dirigido por Andy Garcia, e também estrelado por ele. Feito em 2005, o filme é sobre Havana, Cuba, antes da dupla Fidel-Che Guevara acabar com a sociedade do indivíduo e interromper a evolução do ser humano por lá”.

“Fidel, che guevara, revolução cubana, russa, tudo parte de uma grande lixo socialista que NUNCA criou nada além de miséria, guerras, tortura e pobreza para o mundo”.

Agora... se eu te dissesse que elas foram ditas em momentos diferentes, pela mesma pessoa, num espaço de 2 anos. Como você a classificaria?

Forte abraço,

Gabriel Peixoto
É sério. Gostaria demais de saber a opinião de vocês.

Parebéns Ricardo!!!

Texto muito inspirador e que nos faz refletir e ter uma visão diferente das coisas, acho que isso deve ser a tônica de seus textos aqui no blog: "Provocar a revolução dentro de seus leitores".

Create and Innovate NOW!

Gabriel,

Por isso parei de comentar e "dedicar" meu tempo por aqui.

Isso responde sua pergunta?

Bruno Vilarino

Bem...

Se "a belíssima Angelina Jolie tatuou o seu rosto em um lugar que ninguém pode ver, a não ser o Brad Pitt."

E "Gisele Bundchen desfilou nas passarelas de Paris usando uma calcinha tomada pela sua imagem."

Deve ser por causa disso.

"Um é Herói, o outro mito (fabricado e explorado comercialmente... dado ao fato de que esta minha geração é um poço sem fim de futilidade, promiscuidade, preguiça e acima de tudo, burrice)."

abraço

Julio Silva

Ae Andre, vlw pelo comentário.

O que conta não é a realidade, mas sim a percepção da realidade.

Bem...

Se "a belíssima Angelina Jolie tatuou o seu rosto em um lugar que ninguém pode ver, a não ser o Brad Pitt."

E "Gisele Bundchen desfilou nas passarelas de Paris usando uma calcinha tomada pela sua imagem."

Deve ser por causa disso.

"Um é Herói, o outro mito (fabricado e explorado comercialmente... dado ao fato de que esta minha geração é um poço sem fim de futilidade, promiscuidade, preguiça e acima de tudo, burrice)."

abraço

Julio Silva

Ae Andre, vlw pelo comentário.

O que conta não é a realidade, mas sim a percepção da realidade.

Bruno, reproduzo abaixo um comentário meu sobre o uso da comunicação, no artigo do twitter. Acho que ele tem muito a ver com seu desabafo...


Conversar com o cadastro; pode parecer fácil, mas acho bastante dificil...

Vejamos um exemplo. Tenho lido alguns posts mais antigos e minha percepção é a de que muita gente que era ativa não comenta mais aqui. Diminuiu bastante o número de pessoas que comentam (o Jordão pode dizer se isso é apenas impressão ou realidade e, mais importante, se as pessoas só deixaram de comentar ou abandonaram o blog mesmo).

Hoje, se retirarmos uns 10 dos mais atuantes, não sobram muitos, não é mesmo?

Temos de nos comunicar com nosso cadastro. Ponto. Ok. Mas como? Que fazer para aumentar e melhorar essa relação?

O Jordão tenta: ele fala sobre múltiplos temas, tem a pergunta diária, relaciona aqui alguns tópicos do formspring, atualiza o twitter... e a grita geral é para que mantenha o foco.

Então, surge a pergunta: o que falar? Aquilo que nossos clientes, amigos, seguidores desejam ouvir e discutir, ou aquilo que nós achamos que deve ser falado?

Pq nem sempre essas coisas coincidem, não é mesmo?

O foco então deve estar na nossa mensagem, ou no nosso ouvinte?

Eu posso parecer bobo com minha colocação, mas como disse no início, para mim, comunicar-se não é tão simples quanto parece. E, muitas vezes, embora pareça que estamos nos comunicando muito bem, o resultado pode não estar sendo o esperado.

abs!

Jordão,

Você vai responder minha provocação ou não passa de um MARICON???

Forte abraço,

Gabriel Peixoto
Será que não tem macho nessa porra de blog que tope debater as coisas de forma objetiva como é no mundo real dos negócios???

Que romântico seu texto hoje Ricardo. Muito romântico.
Aproveito o momento aqui pra dizer que o comunismo não é romântico.
Pro inferno com revoluções que tolhem direitos e garantias individuais, que metem pessoas inocentes para morrem em cadeias fedorentas sem processo e sem condenação judicial, que não respeita as escolhas das pessoas, que não aceita que as pessoas escolham, que proíbe todo tipo de manifestação e que não respeita a vida.
Os Castro e Che são assassinos. Já mataram milhares e continuam matando.
Lula foi lá puxar o saco e prestar contas do andamento da cubanização do Brasil.
Comunismo é nojeto, nós não precisamos disso. Elogiar essa gente é cuspir sobre milhares de mortos.
Não se junte a Lula, Franklin, Amorim e Dilma.
Nós precisamos é de liberdade e trabalho não de revolução.

É isso que vou filtrar desse post.

"O que você acredita que é mais importante na vida para fazer e acontecer alguma coisa?

Tempo, dinheiro ou energia?

Energia, é claro!

Energia, esse fator X que move as pessoas e as transformam em feras enlouquecidas e incansáveis rumo a um objetivo aparentemente impossível de se realizar para os maricóns meia bomba que eventualmente estão cheios de tempo e dinheiro."

Só por isso vlw ricardo,

mas o resto não dá né, pô?

abraço

Julio Silva

Ricardo, mas pq vc mudou de opinião, assim de forma tão radical, o que te fez mudar, é importante pra muita gente aqui quer saber esse pq.

2 comentários:

- O plural de "maricón" é "maricones".

- Chamar alguém de gay como adjetivo pejorativo já está meio ultrapassado, não é?

"Você é empreendedor ou veado?" é uma frase que soa estranhíssima e ridícula.

Ricardo boa tarde.

Fantástica explanação.

Voltar de férias numa semana pós carnaval e me deparar com um texto como o de hoje é tremendamente alentador e inspirativo.

Que mais empreendedores/revolucionários possam se levantar para ocupar os lugares em que hoje se alojam os "homens brancos safados" e dos maricóns de plantão.

Quebra Tudo !

Marcos Sales

Marcelo,

É isso, respondo sua pergunta também.

Já teve muita gente boa por aqui, mas o pessoal vem, debate, agrega e cansa...

O Gabriel é a exceção.

Gabriel,

Já teve...

Mas pra que?

Pra quando o bicho pega, quando o debate pode ser bom, rola omissão.

Hoje venho e filtro o que acho legal, mas não da mais tesão de debater...

Tem muito Sr. Amém por aqui.

Abraços!

Bruno Vilarino

Ricardo,

Boa tarde!

A intenção foi boa, a metáfora usada, da pior qualidade. Cuba continua a assassinar seus cidadãos. Viver em um país sem liberdade é como tentar plantar em uma terra cheia de sal; nada nasce.

Gosto do seu site e das suas colocações. Essa analogia de Cuba e Che foi da pior qualidade. Você foi infeliz; acontece.

Um abraço,

Carlos Coimbra

Amigos:

99% dos brasileiros é acomodado por natureza. Enquanto não acontece um grande evento em sua vida o cara não se mexe.
Não se mexe nem pra defender os seus próprios interesses - isso que é pior.
Vota em quem da presente, camiseta ou é popular na televisao.
E depois vai assistir no Casseta e Planeta a sua propria desgraça e dar risada.
E cada geração que aparece - parece que a burrice aumenta...
A geração Y é preguiçosa e acomodada e quer tudo pra ontem.... e sem pagar o pedagio.

-
Professor Aloprado,

o cara tá surtando. O Cidadão tá sem limites.

Ou ele é uma grande fraude ou ele é bipolar intectual.

Quem tem um pouquinho de experiência na Biz sabe que esse texto aniquila com tudo que ele ja pregou.

Ele diz, depois nega, depois ignora, depois se justifica, depois implode em um emaranhado incongruente de ideias soltas.

Adriano Fernandes
Professor... acho que ele fez esse texto para te agradar... como ele sabe que vc é "comuna", esperava que gostasse. Conseguiu?

-

Carol,

Não acho que o homem seja acomodado por natureza. Pelo contrário! Por natureza o homem é curioso e insaciável. É só olhar a molecada. Mexem em tudo, olham com curiosidade para tudo, querem provar, experimentar, tocar. desmontar, quebrar pra ver o que tem dentro.

Acho que nossa cultura (não é só nossa!) tende a fazer com que as pessoas adaptem-se à realidade quando empreender e exatamente o contrário disso.

Quando vejo o pessoal por aqui falar em empreender me vem à mente alguém que acha que o mundo não tá legal, alguém que não quer se adaptar mas sim mudar o mundo,
mas o que vejo são pessoas hipócritas que só esperam tirar proveito da situação.

O Empreendedor deve mudar a situação e não aproveitar-se dela.Não precisa ser uma mudança radical, mas sim uma mudança que valha a pena.

Abraços,

LAF

Júlio,

Achas que o Arruda vem a público explicar seus vídeos que contradizem suas palavras???

Nunca pergunte a um maricon porque ele mudou de idéia. Ele prefere meter o rabo entre as pernas e acomodar-se no silêncio sepulcral de seus babaovos, a enfrentar bons enxadristas corporativos como eu.


Forte abraço,

Gabriel Peixoto
Ok,esconda-se em sua toca ratocorp.

Dizer que o homem é acomodado por natureza me parece o mesmo que dizer que brasileiro não gosta de ler. Ofereça a alguém uma revista ou livro do seu interesse - seja mecanica, esportes, pornografia, animais, etc - e veja se ele não a devora.

peixato e cia bem limitada tiraram ZERO em interpretação de textos. Um texto completa o outro, não mudei a minha opinião a respeito de nada. Simplesmente a minha opinião é mais ampla e democrática do que alguém aqui consegue imaginar.

O texto de hoje é simplesmente uma descrição dos fatos. O Che foi um grande assassino, matar pelo menos 4 mil pessoas não faz ninguém herói de nada. Ele poderia ter anistiado a turma e deixado todos sairem da ilha, mas preferiu emparedar todo mundo. Em nenhum lugar do texto eu disse que sou a favor disso. Eu simplesmente tô contando o que aconteceu, e usando o fato para ilustrar radicalmente uma situação que os pequenos empresários dificilmente levam em frente: cortar os cabeçinhas das suas empresas.

Eu sou um cara democrático, e amando ou odiando alguma coisa - se a coisa tem algo a acrescentar ou servir de pano para fazer o miolo mole da cabeça das pessoas se mexerem, eu uso e abuso da idéia.

Quando eu digo que a revolução cubana gerou uma consciência coletiva na ilha sobre a vontade de viver uma vida sem geladeira ou carro novo, eu tô descrevendo uma situação REAL que parte do povo realmente tem. Por outro lado existem os jovens que não vêem a hora de ter um iphone e abrir suas próprias empresas. Em nenhum lugar do texto eu disse que apoiava isso, ou apreciava esse estilo de vida. Eu tô muito feliz com o meu Kindle, iPhone e acredito no empreendedorismo como mola propulsora para acabar com toda a vagabundagem do mundo.

Mas esse outro lado é outros quinhentos, e respeito quem prefere viver com geladeira de 1959. Por conta disso, tô apenas descrevendo os fatos para fazer as pessoas pensarem sobre suas vidas.

Entendam quem quiser entender.

Ricardo


Ricardo,

Para quem chegou agora, o texto pode parecer legal, mas para quem te acompanha a mais tempo...Vc ficou em cima do muro.
Neste post vc defende que devemos ter energia, cita Che como exemplo, mas diz que nada do que ele fez vc concorda.

Ficou tão incoerente que chama mais a atenção do que a mensagem q vc tenta passar.

Emilio

Ué Emilio,

Você decide, a vida é sua, você quer que eu decida tudo por você? Você quer a fórmula das coisas para não ter que raciocinar? Dançou.

Você é que tem que pensar sobre as coisas, os diferentes lados e decidir sozinho. A minha opinião só interessa mesmo para mim. Esse é o meu jeito de abrir a cabeça dos outros. Sempre foi assim.

Eu ASSINO embaixo do que eu escrevi, e escreveria de novo e de novo e de novo a mesma coisa sem alterar nenhuma linha. MAS, cada um que entenda como quiser, esse é o X das coisas, senão, qual seria a graça?

GO!!!

Ricardo

A minha opinião só interessa mesmo para mim. Esse é o meu jeito de abrir a cabeça dos outros. Sempre foi assim. ""

Caro Ricardo,

Você fala muito sobre redes sociais
Você diz ser fã do ser humano
Você quer mudar o mundo

OK, mas como? Se qualquer opinião diferente está errada, se você nunca muda de opinião e se a opinião de leitores e clientes não te servem...
Qual mundo você quer mudar?

Estou tomando a liberdade de participar da Biz, aprender, concordar ou discordar e dividir meus pensamentos.

Se estou aqui, é porque sua opinião conta sim para outros além de você mesmo.

Emilio

Emilio,

Eu não quis dizer isso. Eu tenho 3.500 pessoas no meu msn, eu converso com dezenas de pessoas todos os dias. É claro que eu ouço as pessoas, é claro que eu me interesse em influenciar os outros; o que eu quero dizer é que eu procuro deixar as pontas soltas para que as pessoas possam pensar um pouco, eu procuro polemizar para que as pessoas possam reflitam por si mesmas.

Já dizia CHE: "Você só conseguirá mudar o mundo, se deixar-se ser mudado por ele". Ele mesmo não conseguiu cumprir com seu próprio ensinamento. Tanto no Congo quanto na Bolívia ele ignorou a vontade das pessoas, mal interpretou suas intenções, e acabou sozinho.

Vamos que vamos!

ARREBENTA!

Ricardo

Bom, o assunto versa sobre REVOLUÇÃO e POLÍTICA ou "Empreendedorismo, Marketing, Energia", etc?!!

Temos tantos bons exemplos na história da humanidade que podem ser utilizados para demonstrar isto e vimos logo a utilização destes assassinos cruéis, matadores de sonhos, inibidores de empreendedores, fuziladores de energia (literalmente)??!! sacanagem.

Poderiamos ter utilizado como exemplo, demonstrando as mesmas idéias centrais, como dito em comentários anteriores, pessoas como Lutero, Madre Teresa - e porque não Jesus Cristo? (deixando a religiosidade de lado é claro!).

Olhe o marketing feito por este "homem" nascido em um "estábulo" - como dito por um comentarista em algum lugar acima - e que perdura até hoje? veja os ensinamentos que ele deixou para a humanidade: fé, confiança, preserverança, ação! Pois é, este "homem" é Jesus e seu maior legado nos mostra como alcançar todos os objetivos defendidos na idéia central do Ricardo porém com atitudes totalmente contrárias às utilizadas pelo TRIO CUBANO!!

Pois é, a palavra de ordem certa é CONSTRUA CONSTRUA!!

O próprio Lutero provocou mudanças em um império que ninguém ousava enfrentar.....(http://pt.wikipedia.org/wiki/Reforma_Protestante)

É isto aí, a idéia central do artigo é excelente, embora os exemplos, sinto muito.....meio que maquiavélico não acham?!!

Ricardo, só para entender sua linha de raciocínio, gostaria de te perguntar:

- Não há empreendedores em grandes empresas, somente em pequenas e médias?
- A solução de mandar embora, matar e se livrar dos problemas é a melhor?
- O Ser Humano muda pra melhor?
- O líder do século XXI deve se desfazer dos ruins em sua equipe ou tentar transformá-los em bons?

Wedson,

Prometo para a semana que vem o MAIS gospel de todos os QUEBRA TUDO que já escrevi até hoje: Jesus & Business, aguarde.

GO!!!

Ricardo

Parabens - excelente texto - abordando ações - empreendedorismos...

Grande parte do pessoal que comenta - não têm PERCEPÇÃO para entender alguns textos que você desenvolve.

Em especial quando usas exemplos de personalidades e/ou politica - religião e similares.

Os fracos em espirito colcocam comentários que fogem da intenção que colocastes.

Não entederam bulufas da intenção e sentido do texto.

Quem escreve esta tem 73 anos de vida bem vividos com ética - sinceridade que admira suas colocações.

Parabens - excelente texto - abordando ações - empreendedorismos...

Grande parte do pessoal que comenta - não têm PERCEPÇÃO para entender alguns textos que você desenvolve.

Em especial quando usas exemplos de personalidades e/ou politica - religião e similares.

Os fracos em espirito colcocam comentários que fogem da intenção que colocastes.

Não entederam bulufas da intenção e sentido do texto.

Quem escreve esta tem 73 anos de vida bem vividos com ética - sinceridade que admira suas colocações.

Jordao

Gostei do texto!
Modo bala ON ou modo gandhi ON, o importante é emparedar quando antes,se não for por você, por quem será?

Aguardo aqui ansioso pelo Jesus & Business!
Já que vai falar do numero 1 em exemplo humano deste planeta,vc tem que extrair o bem crível e explicitar de forma homérica! e solte ó qdo vc achar q é tudo que vc consegue.

No mais, nao interessa se ele existiu ou existiu e sim a sua fórmula.


MR.

Vai ser o recorde Biz de comments.

Emilio

-
Esse texto do Jordão me fez lembrar de um texto.

Havia um grande muro separando dois grandes grupos.
De um lado do muro estavam Deus, os anjos e os humanos leais a Deus.
Do outro lado do muro estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus.
E em cima do muro havia um jovem indeciso, que havia sido criado num lar cristão, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se deveria aproveitar um pouco os prazeres do mundo.
O jovem indeciso observou que o grupo do lado de Deus chamava e gritava sem parar para ele:
- Ei, desce do muro agora... Vem pra cá!
Já o grupo de Satanás não gritava e nem dizia nada. Essa situação continuou por um tempo, até que o jovem indeciso resolveu perguntar a Satanás:
- O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles. Por que você e seu grupo não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?
Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás respondeu:
- É porque o muro é MEU.

Não existe meio termo.
O muro já tem dono.


-

"Simplesmente a minha opinião é mais ampla e democrática do que alguém aqui consegue imaginar" (Jordão)

Ai...ai...

Praticamente um Einstein!

Boçal...

Jordão,

Já que você vai falar sobre Jesus & Business, não se esqueça de mencionar que OUVIR seus "clientes" foi o que Ele fazia e ensinou a fazer.

Coisa que você definitivamente não tem capacidade para fazer.

A maioria escolheu Barrabás...
Jesus também fazia parte de uma trindade que era composta por Pai , filho e espirito santo e matou muita gente com pragas e diluvios.
Jesus (sendo ele o próprio Deus) era considerado um agitador mau caráter, por isso ele foi crucificado (não o era, mas foi visto desta maneira).
Deus acabou com o Egito enquanto Faraó não permitiu a liberdade de seu povo. A máxima deixa meu povo ir de Moisés surgiu ai!
Quando vc está numa guerra ou vc mata ou vc morre e se vc é competente vc mata!
"ninguem consegue trabalhar ao ritmo do sol e ninguem também consegue arrancar uma espiga com amor e com graça"
Quem não concorda com Che não confunda-o com o propósito deste texto!
Jesus quando estava orando no monte na hora derradeira (sendo ele o Próprio Deus) disse: Pai, se for possível passa de mim esse cálice!
Se o Robespierre tava feliz de morrer é problema dele, não vejo desonra nenhuma em Che suplicar pela propria vida, é oque fazemos todos os dias quando nos levantamos e garantimos aos nossos o pão e o abrigo.
E por final se você não concorda diga-o mas ofender é desaprovar todo seu comentário, seria digno as pessoas que discordam ao menos concordarem que ofender uma pessoa por divergências de idéia já é quase crime nos dias de hoje.
PAZ galera e modos!

Zezim,

Jesus ouvia, mas ouvir não significa concordar, a prostituta ele disse: vá e não peques mais...

PAZ

Para falar de Che assistam "Diários de motocicleta" o resto foram circunstâncias era matar ou morrer...
André...Che usava um Rolex? você viu?
e by the way, Che era de uma família abastada ele não precisava da revolução para ter dinheiro...
O erro de Che foi se meter na Bolívia e o Problema de Cuba é que quem ficou no poder foi o Fidel, mas em um primeiro momento eles libertaram Cuba sim e o povo ficou do seu lado, é que o Americano não suporta perder e embargou os caras de todos os lados.

En el Diccionario Panhipánico de Dudas (DPD), lo que se considera la obra de referencia para la normativa, aclara que el plural de gay no es gays, sino gais.
pero se dice gays entonces maricóns esta perdonado!
hasta...

gabriel, eu apresento a você o cartão vermelho contra: bagos travestido de cerébro.

Mais um post lamentável. Passa uma mensagem extremamente dúbia e através de exemplo no mínimo questionável.

Sou novo por aqui e quando vejo os posts mais antigos dá pra sentir muita empolgação, uma tentativa de transmitir uma energia transformadora. A idéia em si é boa mas a execução não. O ego, a necessidade de auto-promoção, consequentemente o excesso de exposição do Jordão, estão fazendo com que a rejeição a esse blog cresca. Acho que sou um leitor tipico: cheguei faz uns dois meses, comeco a participar e entender o que já foi feito, e depois desanimo pelos fatores já citados acima.

Minha crítica é sobre a qualidade das dicas/ensinamentos/whatever que o Jordão posta aqui e, como sua exposição é alta, comparamos os seus posts e suas ações e não vejo coerência. Como vi por exemplo no caso dessa tal Animale do Marcelo.

Obrigado Jordão por ter me chamado de burro: Simplesmente a minha opinião é mais ampla e democrática do que alguém aqui consegue imaginar" (Jordão)

Jordão, de novo, não caia no simplismo ao pensar que quem te critica é seu inimigo e que vc deve se colocar acima dessas pessoas, como vc tem tentado fazer ao meu ver.

Antonio Peregrino
Quais as chances do Jordão estar fazendo barulho pelo barulho e tentar captar atenção através de posts como esse?

A lição de Che na revolução cubana é que tendo foco definido e muita energia conseguimos vencer obstáculos que parecem intrasnponíveis. É inegável que fizeram besteira em Cuba por se apoiar em uma ideologia errada, mas se a mesma energia tivesse sido aplicada buscando empreendedorismo e sucesso, Cuba seria bem diferente do que é hoje.

AÊÊÊÊÊÊ Anilton! concordo!

Post a comment

Os Comentários no Blog da BIZREVOLUTION são moderados. Por favor participe da conversa com comentários construtivos. Não é porque você está escondido atrás de um teclado que você pode bancar o machão. Você PODE e DEVE DISCORDAR das nossas idéias o quanto quiser. Apenas não toleramos que você humilhe as pessoas para defender as suas idéias. Comporte-se na internet da mesma maneira que você se comportaria na frente do seu cliente mais importante. Se você tem a necessidade de bancar o troll na web, recomendamos uma terapia. O seu comentário será liberado em alguns instantes.

Se você tem uma conta TypeKey ou TypePad, por favor Sign In


BUSCA

e-news da biz

Cadastre o seu email para receber os nossos últimos artigos.


Direto das Trincheiras!


COMENTÁRIOS RECENTES

POSTS RECENTES

Você já leu o QUEBRA TUDO?