Skype: BizRevolution | Fone: 11-4153-0885

« Como medir o ROI das Redes Sociais. | Main | A NOVA Facebook! »

22/09/2011

O que vc faria de diferente quando mais jovem se soubesse o que sabe hoje?

Pin It

PERGUNTA: O que vc faria de diferente quando mais jovem se soubesse o que sabe hoje?

TrackBack

TrackBack URL for this entry:
http://www.typepad.com/services/trackback/6a00d83451bad569e20154359ecfe4970c

Listed below are links to weblogs that reference O que vc faria de diferente quando mais jovem se soubesse o que sabe hoje?:

Comments

Feed Você pode acompanhar essa conversa ao assinar comment feed for this post.

"No pain, no gain", tudo que vale a pena exige dedicação, disciplina e vontade. Só não esqueça de curtir a paisagem no caminho!

Antes eu queria mudar certas coisas. Levei tempo para entender que, na verdade, eu não precisaria mudar nada.

Viver de passado é atrasar o presente e adiar o futuro, ou seja, nada acontece quando pensamos que a melhor fase já passou.

O melhor está sempre por vir. Pensar no que já passou e no que poderia ter sido, é sabotar a si mesmo.

1. Ao terminar o ensino médio, teria ido trabalhar por uns 3 ou 4 anos antes de fazer graduação;
2. Teria trancado a universidade por um tempo para passar 1 amo morando fora do Brasil. Experiência de vida e aprender outros idiomas.

Ricardo, esse lance de chegar uma hora antes e sair duas horas depois, é muito complicado em empresas grandes.
Trabalho em uma FUKING SA (que figura entre as 100 melhores para se trabalhar e uma das mais desejadas dos universitarios), tentei começar a fazer isso pois adoro aprender estava disposto a fazer todo tipo de trabalho somente pelo prazer de aprender, mas infelismente a empresa pensa somente na maldita rentabilidade, e não podemos fazer nem 1 minuto de hora extra, ai como não estava interessado no dinheiro somente na vontade de aprender algo diferente, falei se esse é o problema trabalho sem o ponto batito, e a resposta foi negativa novamente, pois se o sincado pegace ia abalar a imagem da empresa. sair mais tarde impossivel meia hora antes do fim do espediente o gestor ja esta mandando todo mundo para casa.
Por causa da rentabilidade em FUKING SA ta foda conseguir aprender alguma coisa.

Eduardo,

Então trabalha de casa. Imprime os docs que você quer ler, ou envia a versão PDF para o seu email, e leia tudo em casa. Faça a lição em casa.

Se não dá para escalar pelo lado sul, vamos escalar pelo lado norte. O que não pode é dar desculpas de que não dá para fazer.

Lets go!

Ricardo

Ricardo,

Eu sempre fiz a lição de casa e até mais do que isso. Passei de vendedora aos 18 para gerente de vendas de uma grande empresa aos 28 anos. Seria tudo perfeito se não fosse por um detalhe: Eu nunca parei em emprego nenhum porque isso incomodava demais meus colegas de trabalho. Era eu por todos e todos contra mim. Eu sempre fui a funcionaria exemplar e a mulher bomba. Sempre bati minhas metas ou até 4 x além da minha meta e tudo que eu conseguia com isso era inveja e perseguição. O máximo de tempo que eu fiquei em uma empresa foram 3 anos porque eu dava MUITO lucro pra empresa então eles preferiam ir contra os boatos internos, ainda que acreditassem neles, para manter a rentabilidade e a carteira. Eu soube evangelizar meus clientes e isso me trazia muita inimizade na empresa. Eu era MUITO esforçada, inteligente e bonita. Clientes faziam fila para serem atendidos por mim. Esperavam o tempo que fosse para isso. Mal sabiam eles que eu pagava um preço muito alto por aquela fidelidade.
Mas nada disso me abalava, eu trabalhava duro e todos os dias até o último dia dentro da empresa. Eu era sincera e altruísta, mas poucos tinham humildade suficiente para chegar até mim e talvez aprender um pouco do pouco do que eu já havia conquistado.

Teve uma vez que eu cheguei de surpresa antes de terminar meu horário de almoço e tinha uma "macumbeira" na sala onde eu trabalhava, falando meu nome e jogando algumas pragas, contratada por uma de minhas "colegas" de trabalho.
Já passei por pessoas que trocavam meus papeis, falsificavam minha assinatura, mexiam no sistema e colocavam meu nome, faziam ligações para superiores puxando o saco e "dedurando" algo que eu não tinha feito. Eu nunca tive a chance de me defender porque eu era voto vencido. Quando vinha algum "chefe" de fora, algum gerente regional, o meu gerente dizia "para todos" assim: se alguém falar alguma coisa do que acontece aqui dentro "cabeças vão rolar".

Nessa época, procurando por uma resposta, conheci o blog do Bizrevolution, e vi ali que tudo aquilo que eu passava era NORMAL e que tudo valeria a pena.

Então, se eu pudesse dar um conselho a todos os "chefes" que estão lendo esse post, meu conselho seria o seguinte: não acredite só no seu gerente, porque ele pode ser tendencioso, ou talvez por medo de perder o cargo, de repente, pode fazer coisas que você nem imagina. Não acredite totalmente nos funcionários que ficam te bajulando, porque esses podem estar tentando ganhar sua atenção e confiança para que você acredite somente em uma verdade. E por fim, conheça melhor e bem de perto aquele funcionário destaque a quem todos criticam. Se ele for de boa índole e caráter firme, duvide dos outros, duvide sempre dos outros.

É como a história da cobra e do vagalume. A cobra queria comer o vagalume, mas não porque o vagalume pertença a sua cadeia alimentar. É porque a cobra odeia ver o vagalume brilhar.

MAS, posso dizer que eu não mudaria nada disso que aconteceu, e digo que tudo valeu a pena, e quer saber o que foi legal? Toda vez que eu era demitida, todos que até então eram contra mim vinham se despedir e diziam baixinho "me desculpe!".

Valeu a pena!

Anny (nome fictício)

Mudar?
Concordo com o que o Ricardo fala acima, não adianta mudar, se mudasse algo eu não seria o que sou, seria outra pessoa...
Nunca me dei bem com meu pai e isso teve grande influência em eu nunca desistir de nada, sempre querer mostrar que poderia ser melhor do que ele e outras pessoas achavam, acho que na verdade ele me desafiava à ser melhor, se ele ainda estivesse aqui eu queria perguntar isso pra ele...
Acho que uma coisa que todos temos que ter em mente é: Não desista nunca, se precisar tentar de novo, tente, se me pedir quantas vezes você tem que tentar até desistir eu direi "apenas mais uma vez" e sempre repetirei isso...

"No Pain, No Gain", adorei essa expressão.

O que vc faria de diferente quando mais jovem se soubesse o que sabe hoje?

Minha dica é ler o livro "Ah, se eu soubesse..." de Richard Edler.
Em resumo o livro trata sobre "o que pessoas bem-sucedidas gostariam de ter sabido 25 anos atrás".

É livro que vale a pena ser lido! http://www.walmart.com.br/busca?utmi_p=_&utmi_pc=BuscaFullText&utmi_cp=Ah%2C%20se%20eu%20soubesse...&ft=Ah%2C%20se%20eu%20soubesse...&bkt=26B

Dica: Esse site normalmente ganha nos preços e n cobra frete (se pegar o dia certo).

Jordão,

Como seria a ARMREBEL hj se vc fosse recriá-la? oq seria diferente sabendo hj oq vc sabe?

Grande Rubens!

Eu teria feito tudo completamente diferente, da equipe até a execução. A proposta da Arm continua órfã: não existe empresa de informática formatada para atender empresários de pequenas empresas. Vai nessa!

ARREBENTA!

Ricardo

Então quer dizer que o Peixato tinha razão quando dizia que tava tudo errado?

Rubens,

Eu não vou entrar nessa discussão de quem está certo ou errado. Eu não preciso entrar nesse tipo de papo. Se você precisa de um vencedor nas histórias, fique com a sua verdade.

Eu prefiro fazer parte do grupo de quem faz e quebra a cara, do que do grupo de quem apenas fala.

A história das coisas tem um contexto que só pode ser entendido por quem participa dela, e não quem ouviu falar dela.

Ricardo

Anny,

Me indentifico contigo. Sei exatamente o que você está dizendo.

Ao inves de correr atrás e melhorar é mais fácil detonar quem correu atrás e está colhendo frutos pelo devido esforço.

A lei do mínimo esforço é algo que, ao mesmo tempo que me deixa P da vida, também me impulsiona a fazer a melhor ainda.

Já que é pra ser invejado e sofrer consequências, então que seja. Também quero desfrutar o lado bom disso.

:)


Ricardo na época da ARM você já era consultor de empresas. Isto quer dizer que os conselhos que você deu (e aplicava na ARM) também eram furados??? Desculpe-me parecer chato mas diferentemente da maioria aqui conheço sua história.

Plinio,

De qual conselho exatamente você está falando?

Deixa eu te falar uma coisa. Eu não sou consultor de marketing que recomenda coisas do passado.

A todo momento eu recomendo idéias que ainda não foram testadas misturadas com idéias que já foram testadas.

Cabe a você ter coragem o suficiente para fazer algo que ainda não foi feito. Ou você quer fazer algo que já foi feito??

Quando alguém me contrata, o cara NÃO QUER OUVIR MAIS DO MESMO. O cara quer fazer algo que ninguém NUNCA FEZ. Eu procuro ser inovador nos trabalhos de consultoria de marketing bem como nas minhas coisas.

Não é isso que você também gostaria de fazer? Você não gostaria de ter inventado o iPad??

A BIZ PREMIUM, por exemplo, é uma SUPER INOVAÇÃO. Por apenas 500 reais, os assinantes estão recebendo um conteúdo de marketing e vendas que não existe em nenhum lugar do mundo. A BIZ PREMIUM está com 287 assinantes.

Inovação tem o seu preço. Empreendedorismo é sobre risco.

Se você quer fazer algo SEGURO e CERTO, não se meta com empreendedorismo ou marketing.

Na ARM nós fizemos coisas que ainda não tinham sido feitas. Eu não tinha referências para me basear. Apenas feelings, idéias e paixão.

E, passados 3 anos, a grande maioria das idéias aplicadas na ARM ainda não foram feitas por ninguém.

A recomendação que eu dou sobre a ARM é a seguinte: aproveitem a idéia, executem com algumas alterações, e FAÇAM acontecer antes que eu retorne com a ARM 2.0.

Certas coisas não deram certas, mas isso não quer dizer que as idéias são furadas. Existem trocentas razões porque as coisas dão errado na vida. As vezes as idéias não funcionam em um momento, mas funcionam em outro. Vamos ver...

ARREBENTA TUDO AI!!!

Ricardo

287 pessoas pagando pra ter as bobagens que você disponibiliza de graça por aqui??? Realmente é uma façanha e tanto...
Sugiro substituir seu nome de Ricardo Jordão por Herculano Quintanilha...

Caio,

A minha maior façanha é fazer aqueles que me odeiam me odiar e investir o seu tempo para me encher o saco.

Pelo jeito você trabalha na Sadia, certo?

O que eu escrevo aqui não é para vendedor de salsicha.

É por isso que você não gosta, eu não escrevo para você.

Vai vender salsicha. Faz um bem do cão para o mundo.

Ricardo

Nada pessoal cara mais sua "dicas de gestão" são tão batidas que até nossos estagiários poderiam falar de gestão melhor que você.
Imagina você negociando toneladas de alimentos com clientes do oriente médio e Asia, com esse seu planejamento de apostila...

Sai de trás do teclado e vai trabalhar de verdade numa grande empresa de verdade, falou?!

Caio,

Tamanho não é documento. Quem fez alguma coisa de valor ai na Sadia foram os fundadores há 50 anos atrás. Você e a sua turma de hoje estão apenas desfrutando dos esforços dos primeiros empreendedores.

A besteira que você acaba de me dizer deve ter sido dita para os fundadores da Sadia décadas atrás. "Vem trabalhar em uma empresa de verdade, e para de falar besteira ai".

Caio, eu já dei a volta ao mundo, já construi uma empresa que fatura 800 milhões de dólares por ano do zero, já fui o chefe de marketing & ecommerce global de uma multinacional, então, um dia, quem sabe, você aprende alguma coisa da vida, por hora você é apenas um funcionário. Portanto, vai funcionar, vai fabricar salsicha.

Eu não quero que o seu chefe te mande embora porque você perdeu o seu tempo em um site babaca conversando com alguém babaca como eu que só fala coisas óbvias, certo?

Ricardo

nao perderia 12anos com um babaca frio e calculista

Cara, não tens a menor idéia de com quem estás falando. Trata-se do cara que está negociando a fusão com a Perdigão...
Ouça-o. Ele tem know how para te dar conselhos...

Marcelo,

Você quer que eu acredite que o cara que está negociando a fusão com a perdigão é o cara que entra em um site na internet e XINGA alguém de "herculano sei-lá-do-quê" ao invés de AGREGAR a sua visão de gestão????

Até agora eu não consegui aprender nada com o cara a não ser como xingar alguém. Eu sou todo ouvidos. Esse espaço é feito para vocês somarem a sua visão pessoal sobre as coisas e não meter o pau sem apresentar nenhuma proposta.

Qual é a sua proposta?

Ricardo

Quanta inocência!

Sinceramente não há nada de 2.0 nesses conselhos. Parecem tirados de algum artigo do Lair Ribeiro.

Este post deveria se chamar "pérolas" da auto ajuda.

***System Alerto: Lawyer Troll Detected***

Cada um tem a opinião que quiser sobre os textos do Ricardo mas aposto que estes que vem aqui dizer que são apenas "pérolas de auto ajuda" são os mesmos que ainda vivem as idéias de Henry Ford...
E pior, deve chegar em casa irritados com isso e acabam descontando em quem não tem nada com isso...

Resumindo, apenas mais uns no mundo...

Post a comment

Os Comentários no Blog da BIZREVOLUTION são moderados. Por favor participe da conversa com comentários construtivos. Não é porque você está escondido atrás de um teclado que você pode bancar o machão. Você PODE e DEVE DISCORDAR das nossas idéias o quanto quiser. Apenas não toleramos que você humilhe as pessoas para defender as suas idéias. Comporte-se na internet da mesma maneira que você se comportaria na frente do seu cliente mais importante. Se você tem a necessidade de bancar o troll na web, recomendamos uma terapia. O seu comentário será liberado em alguns instantes.

Se você tem uma conta TypeKey ou TypePad, por favor Sign In


BUSCA

GRÁTIS!

Cadastre o seu email para receber os nossos últimos artigos no e-news QUEBRA TUDO!


Direto das Trincheiras!


Você já leu o QUEBRA TUDO?